De férias na Argentina, sua terra natal, o zagueiro Walter Kannemann tem sido o protagonista nos noticiários por conta de um interesse divulgado pela imprensa local do Boca Juniors em contratá-lo para a próxima temporada. O defensor do Grêmio, de contrato renovado recentemente até o fim de 2022, falou sobre a situação e afirmou que “é mais fácil trazer o Mbappé do que pagar a multa rescisória”.

Kannemann renovou recentemente o contrato até 2022 — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Kannemann renovou recentemente o contrato até 2022 — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

A entrevista foi dada para a TyC Sports nesta segunda-feira. Kannemann participou, no fim de semana, do jogo festivo de despedida de Leandro Romagnoli, seu ex-companheiro no San Lorenzo. Em tom de brincadeira, o camisa 4 do Grêmio disse que era mais barato pagar pelo francês Mbappé, do PSG, da França, que a sua multa rescisória.

– É mais barato comprar o Mbappé que pagar a multa de Kannemann. No Brasil, as cláusulas são muito altas. Sempre tem informações, é tudo muito rápido. Ninguém sabe nada, nem deste clube (Boca) nem de outros. Estou esperando para saber quando tenho que voltar a treinar no Grêmio. Estou feliz no Brasil – sorriu Kannemann.

Desde 2016 no Grêmio, Kannemann está consolidado como um dos principais zagueiros do Brasil e passou a vestir a camisa da seleção da Argentina por conta do nível de suas atuações. Tem status de ídolo em Porto Alegre. Neste ano, recebeu duas propostas do Cagliari, da Itália, ambas rechaçadas pelo clube gaúcho. Para abrir mão deste cenário, só por uma situação “muito boa”.

– (Para sair) Tem que ser uma situação muito boa para mim e para o clube, e que seja um clube importante. Eu estou à vontade no Brasil e estou 100% focado para seguir – completou o argentino.

Segundo a rede Tyc Sports, o interesse do Boca em Kannemann tem a ver com a iminente saída de Lisandro Magallán, vendido ao Ajax, da Holanda. A negociação deve render cerca de € 6 milhões (R$ 26,4 milhões, na cotação atual) ao clube argentino.



Veja também