Após mais um dia de treinos, o zagueiro Kannemann elogiou as medidas adotadas pelo Grêmio para preservar a saúde dos jogadores na retomada das atividades, em meio à pandemia do coronavírus. Em entrevista divulgada pela assessoria de imprensa do clube nesta segunda-feira, o zagueiro falou sobre como passou a quarentena e ainda brincou sobre a nova rotina de trabalhos.

Após o fim das férias antecipadas, que dividiu entre os treinos na bicicleta e as brincadeiras com a filha, o argentino comemora o retorno às atividades no CT Luiz Carvalho. Kannemann acredita que a volta ajuda tanto a parte física quanto mental.

Kannemann é um dos expoentes do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Kannemann é um dos expoentes do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Essa nova fase de exercícios, aliás, despertou a faceta mais bem-humorada do gringo. Normalmente sério em campo, Kannemann brincou com a necessidade de já chegar ao Centro de Treinamentos Presidente Luiz Carvalho com o uniforme de treinos.

– Sinto como quando vou jogar uma pelada com os amigos. Você chega fardado, treina, joga, fala alguma coisa, alonga e volta para casa – brincou.

Enquanto trabalho à espera de uma data para o recomeço das competições, o zagueiro passa parte do tempo assistindo futebol na TV. No fim de semana, viu o retorno do Campeonato Alemão e também a reprise da final da Libertadores de 1983, quando o clube gaúcho ganhou do Peñarol por 2 a 1, exibida pela RBS TV.

– Eu vi uns lances. O campo não estava muito bom para jogar (risos). Foi uma partida muito disputada, como a maioria das finais da Libertadores. É bom relembrar, ainda mais para os torcedores do Grêmio – completou.



Veja também