Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Todo jogador considerado reserva de um time de futebol treina o ano inteiro à espera de uma chance para mostrar seu valor. Às vezes, ela vem a conta-gotas. Mas a sorte sorriu para Juninho Capixaba, mesmo que tenha sido a partir do azar de um parceiro. E a sequência de oportunidades no Grêmio começa logo contra o Corinthians, ex-time do lateral-esquerdo, às 19h deste sábado.

“Hoje defendo as cores do Grêmio, quero sair com a vitória. Vai ser muito importante para mostrar meu trabalho” (Juninho Capixaba)

O jogo na Arena Corinthians válido pela quarta rodada do Brasileirão será o primeiro do jovem de 21 anos como substituto de Bruno Cortez, que para por tempo indeterminado com lesão na coxa esquerda. Ele segura a euforia em respeito ao colega, mas também não deixa de confiar em seu desempenho.

– Não queria nunca que meu companheiro se machucasse para eu jogar, mas vou ter que suprir a necessidade do time. Estou apto e vou fazer meu melhor para a equipe. Estava trabalhando muito para ter essa oportunidade. Agora é o momento de mostrar – destacou o lateral na chegada do Grêmio a São Paulo, na sexta-feira.

Capixaba reencontrará o Corinthians, de onde foi emprestado ao time gaúcho em julho do ano passado e comprado efetivamente em fevereiro de 2019. Chegou ao Timão depois do destaque pelo Bahia, no Campeonato Brasileiro de 2017.

Ofensividade e gols

Após passar por um período de adaptação no elenco de transição tricolor, Juninho fez quatro partidas no Brasileirão de 2018 com a formação reserva. Surpreendeu com três gols marcados.

Abriu a temporada atual com mais duas bolas na rede nos primeiros jogos do Grêmio, no Gauchão. Ou seja, atingiu uma marca de cinco gols em seis partidas. O lado ofensivo – e artilheiro – de Juninho Capixaba tende a aflorar ainda mais com a parceria de Everton pelo lado esquerdo.

– Vai ser muito perigoso. Eu sou um cara muito ofensivo. Pela qualidade do Everton, pela minha qualidade, acho que vai causar muito trabalho para todas as equipes do Brasileiro.

Juninho disputou todo o segundo tempo da partida contra a Universidad Católica — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Juninho disputou todo o segundo tempo da partida contra a Universidad Católica — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Ao mesmo tempo, porém, aquela faixa do campo precisará de atenção especial na marcação, pois será mais visada pelos adversários. Só que o jogador carrega uma estatística a seu favor. Segundo o Footstats, nos 10 jogos que disputou pelo Gauchão, acumulou 90% de acerto nos desarmes.

“Defensivamente, venho mostrando nas roubadas de bola. Contra números, não há argumentos”

Confiante no ataque e na defesa, Capixaba entra em campo contra o Corinthians às 19h deste sábado em busca da primeira vitória do Grêmio no Brasileiro. A partida será disputada na Arena Corinthians. A escalação tricolor deve ter: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Juninho Capixaba; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Thaciano (Luan) e Everton; André.



Veja também