Matheus Henrique atrai os olhares da imprensa de fora do país mesmo em meio à paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus. O jornal The Manchester Evening News, da Inglaterra, aponta o volante gremista como o “substituto perfeito” para Fernandinho no Manchester City.

De acordo com a publicação, a equipe de Pep Guardiola poderia contratar Matheus para servir de opção ao volante brasileiro diante de eventuais lesões ou ausências. Recentemente, Fernandinho renovou seu contrato com o City até a metade de 2021.

Matheus Henrique, volante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Matheus Henrique, volante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Os elogios da reportagem a Matheus Henrique não são poucos. De acordo com o jornal, ele é um meio-campista completo, com versatilidade para ajudar o ataque e manter a proteção ao sistema defensivo. E ainda “superou” Arthur ao substituí-lo na equipe.

– Henrique é o meio-campista completo. Ele tem um estilo de passes impressionante, com habilidade para ditar o ritmo do jogo. E se sente tão confortável para entrar na área adversária quanto para proteger seus próprios zagueiros. Ainda é um bom driblador e tem boa finalização à distância – diz a publicação.

O jornal diz, também, que não seria “barato” para o City tirar Matheus Henrique do Grêmio. E aponta Barcelona, Monaco e Shakhtar Donetsk como clubes interessados no volante gremista. Recentemente, o presidente Romildo Bolzan afirmou que algumas equipes italianas estão “seriamente” interessadas no atleta.

Matheus Henrique é apontado como substituto perfeito para Fernandinho — Foto: Reprodução

Matheus Henrique é apontado como substituto perfeito para Fernandinho — Foto: Reprodução

O volante despontou no Grêmio no Gauchão de 2018, quando o time de transição foi utilizado nas primeiras rodadas. Ele logo foi promovido ao elenco principal e disputou algumas partidas no segundo semestre.

Em 2019, Matheus se estabeleceu no grupo e virou titular absoluto da equipe de Renato Gaúcho, a ponto de ser convocado por Tite para a Seleção. As convocações e a titularidade na Seleção sub-23 são constantes. Ao todo, tem 69 jogos pelo Tricolor e seis gols. Seu contrato vai até o fim de 2023.



Veja também