Jogadores do Grêmio valorizam atuação e falam em derrota de “cabeça erguida”

Tricolor jogou de igual para igual com o Atlético-MG no Independência

4 de dezembro de 2017 - Às 05:44
Foto: Cristiane Mattos / Folhapress / Divulgação / CP

Os jovens do time de transição do Grêmio deixaram o gramado do Independência comemorando a atuação apesar da derrota por 4 a 3 para o Atlético-MG na tarde deste domingo. Os atletas ressaltaram que a equipe saiu do jogo de cabeça erguida. “A gente sai de cabeça erguida porque fez um ótimo jogo. A derrota foi por detalhes. Parabéns para nós”, disse o meio-campista Balbino.

O atacante Lucas Poletto, que deixou oa partida no começo do segundo tempo por sentir cãibras, ressaltou que a equipe buscou manter o padrão de jogo do time de Renato Portaluppi. “Queria continuar, mas acabei sentindo cãibras nas duas panturrilhas. A gente sempre tenta manter o padrão do Renato, o que o César Bueno nos passa que ele pede. A gente sempre tenta fazer o que o Renato quer”, disse.

Único jogador experiente na partida, o goleiro Bruno Grassi também elogiou a atuação dos garotos. “Perdemos, mas honramos a camisa do Grêmio. Honramos a forma de jogar e estamos de parabéns. Disse antes do jogo que esse jogo tinha muito mais chance de acrescentar na carreira que atrapalhar. Acrescentou e acredito que eles têm um futuro grande pela frente”, analisou.



Veja também