Foto: Lucas Uebel

Jean Pyerre tranquilizou os torcedores do Grêmio após sentir dores no joelho direito nos minutos finais da vitória por 5 a 2 contra o Botafogo, nesta segunda-feira, no Nilton Santos, pela 35ª rodada do Brasileirão. O meia ainda vibrou com a atuação da equipe por não baixar o ritmo durante os 90 minutos.

O primeiro gol do Grêmio foi marcado por Alisson com passe de Jean Pyerre, que faria o segundo em cobrança de falta. Churín e Matheus Henrique, duas vezes, fecharam a conta. O camisa 10, na saída de campo, comentou sobre o problema sentido no joelho direito no fim da partida.

– A dor no meu joelho foi só porque ele caiu ali por cima sem querer. Eu acabei virando um pouco, mas é uma dor de momento. Nada de mais – disse.

Em respeito ao desempenho do Grêmio, Jean Pyerre celebrou que o ritmo se manteve após os gols marcados, ao contrário do que tinha acontecido durante os sete jogos seguidos sem vitória.

– A gente precisava de uma atuação dessas. A gente vinha fazendo boas apresentações, deixava o ritmo cair e acabava cedendo o empate ou a derrota, por erros nossos. Hoje respeitamos eles, mas fazendo gols, coisa que deveríamos ter feito nas outras partidas. Em momento algum temos que ter postura de fazer gol e baixar o ritmo. É fazer o gol, buscar o segundo, o terceiro – afirmou.

Com a vitória, o Grêmio aparece em sexto lugar no Brasileirão com 56 pontos, mesmo número que o Fluminense. A equipe gaúcha, porém, ainda pode ser ultrapassada pelo Palmeiras, que tem dois jogos a menos e aparece em sétimo, com 53.

O Tricolor encara o São Paulo no próximo domingo, às 20h30, na Arena, pela 36ª rodada. O elenco retorna do Rio de Janeiro nesta terça-feira, com chegada prevista para as 16h em Porto Alegre.



Veja também