James Freitas crê que Grêmio terá em 2017 um grupo “reforçado”

Auxiliar técnico lamentou gol em uma “desatenção”, mas gostou da atuação

12 de dezembro de 2016 - Às 08:15
Foto: Lucas Uebel / Grêmio
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Mesmo com a derrota para o Botafogo, por 1 a 0, o auxiliar técnico James Freitas gostou da atuação do Grêmio na última partida do Brasileiro 2016. Para o substituto de Renato Portaluppi, que ganhou férias após a conquista da Copa do Brasil, o Tricolor irá se reapresentar em 2017 com um grupo melhor preparado para as competições que disputará na temporada.

“Acredito que no próximo ano vamos começar com um número maior de jogadores (que em 2016). E com os jovens que despontaram durante a temporada, hoje, estão em um patamar de competitividade de alto nível. Levamos vantagem em função de ter qualificado mais o grupo no decorrer do ano. Em 2017, partiremos com um grupo mais qualificado”, afirmou o auxiliar.

Sobre a derrota para o Botafogo, James Freitas lamentou o resultado, mas comemorou o rendimento da equipe. Em especial, o jovem Arthur, que entrou na segunda etapa e deu uma melhor movimentação para o meio de campo do Grêmio.

“Não fizemos um jogo ruim. Naturalmente, no segundo tempo, dominamos em função de ter a superioridade numérica e pela entrada do Arthur, que deu melhor desempenho ao time. O primeiro também não foi ruim. O Botafogo fez um gol de segunda bola que partiu de um escanteio, houve uma desatenção e fomos penalizados com o gol”, completou o treinador.

Após a partida, o grupo de jogadores do Grêmio entra no período de férias e deve se reapresentar a partir do dia 12 de janeiro. Como a maioria dos titulares foi liberada após a conquista da Copa do Brasil, há a possibilidade deles se reapresentarem a partir do dia 8. A definição deve ocorrer nos próximos dias.



Veja também