Impecável do início ao fim, o Grêmio encerrou o Gauchão com soberania nos números e recordes. Com o título conquistado nos pênaltis sobre o Inter, nesta quarta-feira, o Tricolor encerrou o estadual invicto, após 54 anos. Mais do que isso, quebrou o recorde com o menor número de gols sofridos na história da competição.

No total, o Grêmio sofreu apenas um gol em 17 partidas. A única vez em que a defesa gremista foi vazada foi na segunda rodada, contra o Aimoré, no já distante 23 de janeiro. Coube a Gian, em cobrança de falta, o feito de estufar as redes de Paulo Victor. Com isso, o Tricolor bateu o recorde do Inter no Gauchão de 1974, quando o rival encerrou a competição com dois sofridos.

Além disso, o Grêmio ainda empilhou gols: fez 38 no total. Como efeito comparativo, o Tricolor marcou o dobro de gols do vice-campeão Inter, que fez 19. Luan encerrou a competição como artilheiro do time, com cinco gols, seguido por Everton, Marinho e Pepê – todos com quatro.

– Se alguém merecia a vitória, era o Grêmio. Foi para os pênaltis, uma coisa difícil, um sofrimento. Precisa destacar que teve a melhor campanha, o melhor ataque, a melhor defesa. Sofreu um gol de falta. Jogamos três Gre-Nais e não levamos gol. Se alguém merecia este título, era o Grêmio – exaltou Renato após a conquista.

O título invicto aumenta o tamanho do feito, já que o Grêmio não atingia tal marca desde 1965. Em 17 jogos, foram 11 vitórias e 6 empates, com aproveitamento de 76%. Além disso, Renato conquistou a primeira taça como técnico em cima do Inter. E o time o primeiro Gauchão na Arena.

Renato, Luan, Kannemann e Geromel na comemoração do título — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Renato, Luan, Kannemann e Geromel na comemoração do título — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

O elenco do Grêmio ganha folga nesta quinta-feira e deve se reapresentar na tarde de sexta. O foco, a partir de agora, é no confronto de terça, contra o Libertad, no Paraguai. O Grêmio precisa vencer para depender apenas de si na busca pela classificação às oitavas de final da Libertadores. Chegará com um peso a menos nas costas e um a mais na mala: a taça de campeão gaúcho de 2019.

A campanha do Grêmio no Gauchão

  • Jogos: 17
  • Vitórias: 11
  • Empates: 6
  • Derrotas: 0
  • Gols marcados: 38
  • Gols sofridos: 1
  • Aproveitamento: 76%


Veja também