Na goleada do Grêmio por 4 a 0 sobre o União Mogi, na noite da última quarta-feira, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, um jogador do Tricolor em específico contou com apoio muito especial da torcida, com direito a coro vindo da arquibancada.

Isso porque diversos familiares e amigos de Elias percorreram cerca de 150 quilômetros de Campinas, cidade natal do atacante, até Mogi das Cruzes e entoaram o nome dele várias vezes no estádio, inspirando o camisa 7 a marcar dois gols na vitória que garantiu ao Grêmio a liderança do Grupo 21.

Um dos gols anotados por Elias, inclusive, foi uma verdadeira pintura. Após uma disputa pelo alto, a bola sobrou para ele, que acertou um belo voleio de fora da área. Depois da partida, o jogador de apenas 18 anos descreveu a jogada e até comentou a possibilidade de ganhar o Prêmio Dener, entregue ao autor do gol mais bonito da Copinha.

ASSISTA AO GOL CLICANDO AQUI

– Na hora eu não pensei muito. Do jeito que a bola veio, foi o recurso que achei ali para finalizar. Consegui concluir bem e fazer o gol. Sem dúvida, a presença da minha família e dos meus amigos foi uma motivação muito grande e me ajudou muito. Sobre o Prêmio Dener, acho que dá para levar. Se não sair outra pintura por aí, acho que eu levo, sim – brincou o atacante.

Elias vem aproveitando a oportunidade de disputar a Copa São Paulo com boas atuações pelo Grêmio. Os dois gols marcados contra o União Mogi, inclusive, fizeram dele o artilheiro do Tricolor na primeira fase do torneio, com três ao todo. Antes disso, ele já havia anotado o gol da equipe no empate em 1 a 1 com o Juventus, na segunda rodada.

– A Copinha é importante para mim porque desde pequeno eu assistia pela televisão e sempre sonhava jogar e me destacar nela. Agora estou tendo a oportunidade de disputar com o Grêmio, que é um clube gigante. É a hora de eu mostrar meu futebol e ir para cima.

Elias foi o destaque do Grêmio na vitória sobre o União Mogi — Foto: Wilian Oliveira/FotoAtleta

Elias foi o destaque do Grêmio na vitória sobre o União Mogi — Foto: Wilian Oliveira/FotoAtleta

Elias está no Grêmio desde 2017. Ele atuava nas categorias de base do Guarani quando, em 2016, chamou a atenção em um amistoso contra o Tricolor gaúcho. Entre as principais referências do camisa 7 para um dia brilhar no profissional está Mbappé, do PSG e da seleção da França.

– Gosto muito dele. Ele é novo também, tem um pouco das minhas características. Eu procuro, sim, tê-lo como uma referência para jogar.

Contando com os gols de Elias, o Grêmio espera ir longe na Copinha e, quem sabe, conquistar seu primeiro título da competição. Líder de sua chave, o Tricolor encara na próxima fase o segundo colocado do Grupo 22. No momento, a Chapecoense está em primeiro, seguida por São Raimundo-RR e União ABC-MS. Os três times vão definir os dois classificados desse grupo nesta quinta-feira.



Veja também