Inesquecível: Grêmio Campeão da Libertadores de 1983

8 de agosto de 2011 - Às 00:05

No ano em que o Tricolor conquistou sua maior glória, o título mundial, também conquistou a Libertadores, antes de fazer história em Tóquio. Confira abaixo como foi esta Libertadores, a primeira conquistada pelo Grêmio.

PRIMEIRA FASE
Na primeira fase da competição, o Tricolor ficou na primeira posição, em um grupo teoricamente fácil.

Grupo 2

 Brasil  Bolívia
Equipe J V E D GP GC SG Pts
Brasil Grêmio 6 5 1 0 13 4 9 11
Brasil Flamengo 6 2 2 2 15 10 5 6
Bolívia Bolívar 6 2 0 4 13 14 -1 4
Bolívia Club Blooming 6 1 4 4 4 17 -13 6
SEMIFINAIS
As semifinais também eram por grupos, muito diferente da época atual.
Com duas vitórias, uma derrota e um empate, o Grêmio assegurou a primeira posição do grupo, e passou para a final.
Equipe J V E D GP GC SG Pts
Brasil Grêmio 4 2 1 1 7 6 1 5
Argentina Estudiantes 4 1 2 1 6 5 1 4
Colômbia América de Cali 4 1 1 2 2 4 -2 3

JOGOS:
Grêmio 2 x 1 Estudiantes
América de Cali 1 x 0 Grêmio
Grêmio 2 x 1 América de Cali
Estudiantes 3 x 3 Grêmio
FINAL
A final foi disputada contra o Peñarol, do Uruguai. Na partida de ida, no dia 22 de Julho de 1983, no estádio Montevidéu, diante de 70 mil torcedores, o Tricolor saiu na frente com gol de Tita, mas no fim da partida, após muita pressão o time uruguaio conseguiu empatar.
No jogo de volta, com 73 mil pessoas no Olímpico Monumental, O Grêmio abriu o placar com Caio, no começo do jogo. Morena, que já havia empatado o primeiro jogou, voltou a empatar, aos 25 minutos do segundo tempo.
O gol do título do Grêmio veio aos 31 minutos do segundo tempo com César.
TRICOLOR CAMPEÃO DA AMÉRICA PELA PRIMEIRA VEZ


Confira no vídeo abaixo toda a campanha Tricolor:



Veja também