Imprensa argentina critica arbitragem e cita pênalti em Jael

La Nacion também postou vídeo de tentativa de agressão ao goleiro do Lanús

23 de novembro de 2017 - Às 05:46
Foto: Ricardo Giusti

O jornal La Nacion destacou que o Lanús precisará de outra virada se quiser ficar com o título da Libertadores – que seria a terceira consecutiva nesta edição. Além disso, noticiou “mais um final polêmico” na derrota para o Grêmio, mas desta vez sem a utilização do árbitro de vídeo. Para o jornal, o árbitro Julio Bascuñan “teve 10 minutos de desacertos”. Citou a não marcação de um pênalti para o Grêmio, “tampouco não expulsou Jaílson e ainda advertiu Braghieri” – zagueiro que, suspenso, ficará fora da finalíssima.

O La Nacion também postou em seu site o vídeo de um gândula tentando agredir o goleiro Andrada, ao fim da partida, quando o Grêmio já vencia o Lanús, nesta quarta-feira. Nas imagens, captadas pela Fox Sports, o gândula persegue o camisa 1 argentino, que pulou a placa de publicidade para pegar a bola e correu para escapar do chute.

Já o jornal Olé mancheteou: “Final aberta”. Para o periódico, o Lanús fez uma má partida, mas deixou escapar o empate no final, enquanto o Grêmio conseguiu aproveitar a sua chance. O diário salienta que o jogo terminou em “escândalo pela péssima arbitragem”. Tal qual o concorrente, o Olé cravou que houve um pênalti a favor do Grêmio no fim.



Veja também