Um impasse entre o empresário de Douglas Costa e a Juventus está adiando a liberação do jogador e o anúncio da contratação pelo Grêmio. Segundo o repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o clube italiano não quer pagar os valores que o agente defende como devidos. Desta forma, os italianos estão propondo um empréstimo ao Tricolor. As reuniões seguem na Itália.

Um dos problemas de um empréstimo é que o clube de Turim deseja colocar uma cláusula obrigando o Grêmio a liberar Douglas Costa caso receba uma oferta oficial pelo atleta. O Tricolor não aceita, pois poderia perder o meia-atacante até dezembro, quando ele estará livre para assinar um pré-contrato com qualquer agremissão.

No domingo, após a vitória no Gre-Nal, o vice Marcos Herrmann revelou que aguardava a documentação da Juventus “até terça ou quarta-feira” para finalizar a contratação. Entretanto, o impasse pode levar a negociação por mais alguns dias.

O Grêmio tem até o dia 23 de maio para concretizar o negócio e informar a transferência da Juventus para o Brasil, pois a janela fecha no domingo e só volta a abrir em 1° de agosto. Ela ficará aberta por 30 dias e será a última da temporada.



Veja também