O dia 6 de agosto é especial para o goleiro Paulo Victor. Além de ainda festejar a conquista do segundo turno do Gauchão, o goleiro completa nesta quinta-feira seu terceiro ano de Grêmio. Em 2017, o jogador fez sua estreia no Tricolor em partida contra o Atlético-MG, pelo Brasileirão. Além de iniciar sua trajetória com uma vitória por 2 a 0, o atleta ainda conseguiu brilhar ao defender um pênalti, cobrado por Robinho, no fim do jogo.

— Fiquei feliz com uma estreia que jamais imaginaria, pois foi a realização de um sonho completo. Conseguimos vencer a equipe do Atlético-MG e fui premiado pegando um pênalti. Agradeço a Deus pela oportunidade de defender essas cores, ao grupo e à comissão técnica pela confiança e apoio e aos torcedores que sempre me incentivaram — celebra Paulo Victor.

Revelado nas categorias de base do Flamengo, o goleiro estava no Gaziantepspor, da Turquia, quando acertou sua transferência para a Arena. Filho do ex-jogador Gesué Vidotti, o goleiro revelou que, da coleção de camisas do pai, a camisa gremista era uma das que ele mais admirava.

— Eu realizei um sonho de garoto quando vesti, pela primeira vez, a camisa do Grêmio — afirma o camisa 1.

Ao todo, o jogador já disputou 93 partidas pelo Grêmio, tendo feito parte dos elencos campeões da Libertadores, da  Recopa Sul-Americana, de dois Gauchões e da  Recopa Gaúcha. Na atual temporada, está na reserva de Vanderlei.



Veja também