Grohe lamenta eliminação mas elogia planejamento da comissão técnica

Goleiro elogiou planejamento da comissão técnica ao decidir na semana quem iria jogar ou descansar na maratona de jogos

25 de abril de 2016 - Às 12:15

O Grêmio teve uma boa atuação neste domingo diante do Juventude, mas acabou eliminado do estadual pelo gol qualificado, marcado por Roberson. Após a partida, o goleiro Marcelo Grohe elogiou a estratégia da comissão técnica e lembrou da prioridade à Libertadores:

“A decisão que a comissão técnica toma de quem vai jogar ou descansar é o que se entende que é o melhor para o Grêmio. O jogo contra o Toluca, na Arena, era importante porque com os três pontos ficamos com uma campanha melhor na Libertadores. Se jogássemos todos estes jogos até hoje (ontem), com certeza pesaria muito para quarta-feira. O planejamento foi o melhor para o grupo. Queríamos muito ganhar o Gauchão, mas a primeira competição que pensamos é na Libertadores, não podemos esconder isso”, disse.

O goleiro também lembrou da boa partida feita, mas também o quanto é importante marcar um gol fora de casa, algo que faltou ao Grêmio em Caxias:

“No mata-mata é imprescindível você fazer um gol fora de casa. Fica um sentimento de que podíamos ter feito um gol em Caxias para que o resultado final seja diferente. Tivemos totais condições de reverter esse placar, mas infelizmente não deu. Tem que servir de lição para o jogo que temos na Libertadores”, avaliou Grohe.



Veja também