Grohe desabafa sobre ‘rótulo’ criado devido a problemas na bola aérea

Goleiro admitiu que ainda precisa evoluir nesse tipo de lance mas destacou não ter sofrido gols contra o Cruzeiro

20 de junho de 2016 - Às 06:17
Foto: Eduardo Moura
Foto: Eduardo Moura

O Grêmio saiu impune sem tomar gols na vitória deste domingo sobre o Cruzeiro na Arena. Mas mesmo assim, durante o jogo a torcida não esqueceu os recentes gols sofridos durante a bola aérea e isso incomodou o goleiro Gremista que desabafou após a partida, dizendo que não deve ser criado esse rótulo da equipe:

– Lançaram uma bola na área e uns três ou quatro torcedores gritaram para eu sair. Eu sou um cara que não tem problema com críticas. Pego elas para crescer. Tenho 29 anos e preciso evoluir muito ainda em alguma situações. Acho que é preciso ter um bom senso da parte de todos. É importante não ter sofrido gol novamente. Erros acontecem, mas é uma situação que toda a equipe sofre. É complicado criar o rótulo, mas vamos trabalhar – salientou.

Sobre os gols sofridos nesse tipo de jogada, o goleiro admitiu que decisões erradas acontecem devido a velocidade do lance, mas também citou a qualidade dos batedores.

– São decisões que a gente precisa tomar durante o jogo. Infelizmente, às vezes a gente toma uma decisão errada. São situações que acontecem. É muito rápido. Eu vejo os jogos. O nível dos jogadores batendo na bola é muito bom. Isso dificulta a saída dos goleiros. A gente conversou internamente. Vamos continuar trabalhando para melhorar e minimizar os erros – completou.

O Tricolor é 3º colocado com 18 pontos, um atrás do líder Palmeiras. Na quinta, recebe o Vitória na Arena às 19h15, pela 10ª rodada.



Veja também