Grohe agradece gesto de carinho após ser ovacionado na Arena

Goleiro do Grêmio negou má fase técnica e disse que trabalha para buscar equilíbrio

29 de junho de 2017 - Às 12:10
Foto: Lucas Uebel

Em 72 horas, Marcelo Grohe foi do inferno ao céu. Depois de amargar criticas por uma suposta falha no gol sofrido na derrota para o Corinthians, o goleiro do Grêmio se destacou na goleada sobre o Atlético-PR e foi ovacionado pela torcida durante a partida realizada na Arena.

“Quero agradecer do fundo do meu coração pelo que aconteceu. São essas coisas que me motivam a trabalhar, a vestir essa camiseta. Só quem vive sabe e foi muito emocionante. Vi que tinham vários cartazes e, se pudesse, daria um abraço em cada pessoa e dava uma camiseta para cada uma”, disse em entrevista.

Grohe afirmou que aceita as críticas da imprensa, mas negou que esteja em má fase técnica. “Eu respeito muito a relação que tenho com a imprensa. Acho que vocês têm que avaliar e criticar, que faz parte do jogo. Eu procuro absorver as críticas construtivas. No domingo, eu fiquei mais com a família e acabei me desligando disso, mas algumas coisas chegaram até mim, dizendo que eu estaria em má fase. Eu respeito, mas não penso dessa forma”, analisou.

O arqueiro gremista explicou que busca constantemente pelo equilíbrio dentro da carreira, não se deixando abater por atuações ruins e nem celebrando em demasia as boas performances. “Tenho virtudes e defeitos e trabalho muito isso com o Rogerião (preparador de goleiros) e com os colegas. Fizemos o feedback do jogo e acho que nessas horas é preciso ter tranquilidade”, acrescentou.



Veja também