O primeiro passo para a “decolagem”gremista foi dado. Ao menos é isso que pensa Juninho Capixaba. Na noite desta quarta-feira, o Grêmio venceu o Botafogo por 1 a 0 no estádio Nilton Santos, pela 9ª rodada do Brasileirão.

A partida se encaminhava para um resultado sem gols até os 38 minutos do segundo tempo, quando Jean Pyerre cobrou falta no canto esquerdo e garantiu a vitória tricolor. Mais do que os três pontos, o Grêmio pulou para 11º colocado e se confirmou fora da zona de rebaixamento para a pausa durante a Copa América.

Embalado pela vitória contra o Fortaleza, na rodada passada, a equipe buscava manter a reabilitação no campeonato. Suspenso no último jogo, Juninho Capixaba esteve em campo contra o Botafogo. Na visão do lateral-esquerdo, apenas os três pontos interessavam ao Tricolor.

— A gente veio pra cá só pensando na vitória. Outro resultado não interessaria. Disse que o time ia decolar. Agora foi o primeiro passo. Parada para descansar, acertar as lesões e desfalques. Voltar firme para o segundo turno — comentou Capixaba na saída de campo.

Juninho Capixaba em dividida com Diego Souza — Foto: André Durão

Juninho Capixaba em dividida com Diego Souza — Foto: André Durão

O autor do gol da noite, Jean Pyerre havia tentado marcar em cobranças de falta em outras partidas. Na saída de campo, o meia contou que nunca baixou a cabeça pelas críticas e ganhou confiança dos companheiros para a finalização que deu a vitória ao Grêmio.

— Faz muito tempo que vinha treinando essa cobrança. Vi muitos comentários que acertava só nos treinos. Mas não baixei a cabeça. Tive a confiança de todo mundo ali. Vitória muito importante. Subir de vez na tabela. Cada vez engrenar mais. Isso é muito importante para a gente. Descansar e depois voltar com tudo — disse Jean.

Com o resultado, o Grêmio soma 11 pontos e ocupa a 11ª posição. O time agora entra em recesso. A próxima partida pelo Brasileirão ocorre apenas no dia 14 de julho, quando recebe o Vasco na Arena. Quatro dias antes, no entanto, começa a disputa das quartas de final da Copa do Brasil contra o Bahia, também em casa.



Veja também