Gremistas admitem oscilações, mas comemoram tri do Gauchão: “O que vale é o final da história”

Tricolor perdeu por 2 a 1 para o Caxias neste domingo, mas venceu no placar agregado e faturou o Estadual pela 3ª vez seguida

30 de agosto de 2020 - Às 19:08

O Grêmio é tricampeão gaúcho de forma consecutiva, mesmo após perder por 2 a 1 para o Caxias na tarde deste domingo, na Arena, pelo jogo de volta da final. O título veio por conta do placar agregado, após vencer por 2 a 0 na ida, no Centenário.

Diego Souza abriu o placar, mas o Caxias virou com Laércio e Bruninho. Após a festa do título, Maicon admitiu que o time ficou abaixo na partida deste domingo, mas que o que vale mesmo é o final da jornada. Darlan também teve discurso alinhado com o companheiro.

– (O título) Representa muito. Não fizemos o jogo que queríamos. No início e na final do turno, muitos criticaram a gente porque perdemos para o Caxias, que tem uma grande equipe. Todos de parabéns, independente do resultado, o que vale é o final da história – disse Maicon.

– Muito importante o título. Jogo com emoções, demos algumas osciladas. Mas graças a Deus fomos campeões. Agora é aproveitar – complementou Darlan.

Jogadores do Grêmio reunidos antes da final na Arena — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Jogadores do Grêmio reunidos antes da final na Arena — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Bruno Cortez também tratou de valorizar o título gaúcho, conquistado pela terceira vez de forma consecutiva.

– É um motivo de muita alegria, momento grandioso. Sempre conquistando títulos, brigando lá em cima. Grato a Deus. Vou continuar trabalhando para dar alegria aos torcedores – completou o lateral.

O Tricolor chega ao 39º título estadual. Mas a euforia será breve. O time de Renato Portaluppi volta a concentrar forças no Brasileirão. Na quinta-feira, recebe o Sport, às 19h, na Arena.



Veja também