Grêmio x Palmeiras: antes da Libertadores, Renato fecha treino “com VAR” e volta de Michel

Técnico gremista ainda passa vídeos dos adversários para o elenco em rachão que tem até uso de "arbitragem de vídeo"

19 de agosto de 2019 - Às 17:56
Eduardo Moura

Depois do jogo praticamente entre reservas no Brasileirão, o Grêmio faz a preparação para os duelos com o Palmeiras pelas quartas de final da Libertadores, o primeiro nesta terça-feira, às 21h30, na Arena. O técnico Renato Gaúcho fechou o treinamento da tarde desta segunda, passou vídeos para o elenco e ajustou os últimos detalhes do time titular. O volante Michel participou normalmente do recreativo, que teve até “arbitragem de vídeo”, o VAR.

A escalação será completamente diferente da usada no empate em 1 a 1 no último sábado. Só o lateral-esquerdo Cortez teve de ser utilizado por conta da suspensão de Juninho Capixaba. Na atividade com portões fechados, o treinador ajustou os últimos detalhes na equipe.

A provável escalação tem Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André.

O treinamento teve cerca de uma hora com portões fechados no CT Luiz Carvalho. Além da atividade tática, o elenco gremista assistiu a vídeos do Palmeiras. Quando o acesso da imprensa foi liberado, o grupo disputava o tradicional rachão de vésperas de partidas. Todos os atletas estavam no gramado, inclusive o volante Michel.

Ele se recupera de cirurgia no joelho esquerdo nos últimos dias de junho e está afastado dos gramados desde então. Michel participou de sua primeira atividade com bola sob os olhares da imprensa e, assim, dá seus últimos passos para voltar a ficar à disposição.

Michel, no entanto, segue como desfalque, assim como Felipe Vizeu e Léo Moura, em recuperação de lesões. Luciano foi o último inscrito na competição ao entrar na vaga de Vico justamente para a atual fase da Libertadores.

Em um dos últimos lances do recreativo, o árbitro, o auxiliar Victor Hugo Signorelli, recorreu às imagens da câmera do cinegrafista do clube, Juares Dagord, para conferir a marcação de um gol, posteriormente confirmado para delírio dos atletas do time azul, de Maicon, Renato e companhia.



Veja também