Foto: Reprodução

O Grêmio visitou o Fluminense na noite desta quarta-feira pela partida de volta das Oitavas de final da Copa do Brasil e voltou a vencer, desta vez por 2 a 0 e garantiu a classificação já que havia vencido por 3 a 1 em Porto Alegre, totalizando agregado de 5 a 1. Luan e Pedro Rocha marcaram os gols.

Os duelos das quartas de final serão definidos por sorteio.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios.

PRIMEIRO TEMPO
A partida não poderia ter iniciado melhor para o Grêmio. Logo com quatro minutos, o zagueiro Nogueira fez falta dura em Luan e o árbitro o expulsou direto, deixando o Tricolor com um a mais em campo. Assim, o Fluminense não conseguiu exercer pressão e o Grêmio estava bem na partida.

Aos 17 minutos, Luan recebeu na entrada da área e arriscou chute com muita felicidade, acertando o ângulo de Diego Cavalieri, abrindo o placar. Aos 21, Luan deu lindo passe para Barrios que na cara do gol driblou o goleiro, mas com gol vazio bateu para fora, perdendo uma chance incrível.

Aos 28 minutos, foi a vez de Pedro Rocha receber na cara do gol. O atacante driblou o goleiro e bateu para o fundo das redes, ampliando o placar. Aos 38, Pedro Rocha recebeu mais uma vez na frente do gol, mas desta vez tentou bater por cobertura e Diego Cavalieri defendeu.

O Grêmio estava tranquilo na partida, com mais posse de bola e o Fluminense não conseguiu reagir.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa complementar o Grêmio teve boa chance aos 7 minutos, Barrios bateu e a bola bateu no braço do zagueiro, mas o árbitro nada marcou. Na sobra, Ramiro cabeceou e o goleiro defendeu. O Fluminense teve boa chance aos 9 quando Henrique Dourado cabeceou na trave.

O técnico Renato voltou para a etapa final inclusive poupando a dupla de zaga. Bressan e Thyere entraram nos lugares de Kannemann e Geromel.

O time carioca buscava pressionar, mas com um a menos não conseguia exercer uma pressão e o Grêmio se defendia bem. O Tricolor ainda teve grande chance aos 39 minutos quando Barrios fez corta-luz e Gata Fernández apareceu chutando, com muito perigo.

A partida se encaminhou ao final e o Grêmio garantiu o triunfo.



Veja também