Grêmio volta a sofrer na bola aérea e empata com a Chapecoense: 3 a 3

Tricolor saiu na frente, sofreu a virada mas conseguiu empatar, porém apesar da superioridade, não conseguiu virar

15 de junho de 2016 - Às 21:23
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

O Grêmio visitou a Chapecoense nesta quarta-feira pela 8ª rodada do Brasileirão 2016 e empatou por 3 a 3 em um jogo movimentado. Os gols do Tricolor foram marcados por Geromel, Giuliano e Jaílson. Com o resultado, o Tricolor segue em 3º com 15 pontos. O Grêmio foi melhor na partida na etapa final, mas não conseguiu a virada.

No domingo, o Tricolor recebe o Cruzeiro às 19h.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Wallace Reis e Marcelo Hermes; Walace, Jaílson, Giuliano, Douglas e Everton; Luan

PRIMEIRO TEMPO
Logo no início, o jovem Jaílson recuperou bola no meio e cavou escanteio. Na cobrança, Douglas apareceu livre na segunda trave, bateu de primeira para o meio da área e Geromel apareceu de cabeça escorando para as redes, abrindo o placar logo no início.

Mas, apesar do bom início, o Tricolor viu o time da casa reagir. Aos 17 minutos, após cobrança de escanteio, Thiego não precisou nem subir para cabecear. Sem marcação mandou no canto do goleiro Grohe. O time da Chape se animou e virou aos 25 com gol de pênalti de Bruno Rangel. Edílson derrubou Silvinho após ter sido driblado.

Mas, o Tricolor reagiu ainda na etapa inicial. Aos 41 minutos, Jaílson, de apenas 20 anos, recebeu bom passe dentro da área e bateu bem, empatando a partida para o Grêmio.

Foto: Lucas Uebel

SEGUNDO TEMPO
Na etapa complementar, o Tricolor começou tendo domínio da partida e ficando mais no campo de ataque. O jovem Jaílson quase marcou em chute de fora da área aos 9 minutos que o goleiro espalmou.

Aos 15, o técnico Roger promoveu a estreia de Negueba. No minuto seguinte, em cobrança de falta, Edílson bateu com categoria e acertou a trave do goleiro adversário. Aos 26, Walace lançou Giuliano dentro da área, mas estava sem ângulo, o goleiro foi driblado e o meia lançou na área, mas a zaga cortou.

Como quem não faz toma, aos 35 minutos Thiego fez o terceiro do time da casa após cobrança de escanteio e toque de cabeça, livre. A reação, porém, foi imediata. Negueba cruzou e Giuliano empatou aos 37, de cabeça.



Veja também