O Grêmio pode ter a sua sexta chance de sair do Z-4 do Brasileirão na 28ª rodada. Entrará em campo na segunda-feira, contra o Atlético-GO, sabendo se uma vitória em Goiânia dará a possibilidade de um respiro momentâneo na tabela. O Tricolor dependerá de resultados paralelos de Santos, Juventude e Sport – todos jogam durante o fim de semana.

O único cenário para o Grêmio sair da zona do rebaixamento é com uma vitória sobre o Dragão. Em caso de empate, pode subir apenas uma posição. Se o Tricolor for derrotado, torce para que os concorrentes diretos não aumentem a vantagem. No momento, a equipe é penúltima colocada com 26 pontos, a dois do Bahia, primeiro fora do Z-4.Vou dormir, sonhar e comer Atlético-GO até segunda. Não tem outro papo— Denis Abrahão ao podcast GE Grêmio

Em uma cenário de bom resultado do Grêmio, chegará aos 29 pontos. A melhor das projeções coloca o Tricolor na 15ª posição, desde que o Santos perca para o América-MG e Bahia, Juventude e Sport não ganhem.

Vagner Mancini comanda treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Vagner Mancini comanda treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Os jogos dos concorrentes diretos do Grêmio:

  • Santos (15º, 29 pontos) x América-MG – sábado, às 17h;
  • Juventude (17º, 28 pontos) x Ceará – sábado, às 17h;
  • Bahia (16º, 28 pontos) x Chapecoense – domingo, às 20h30;
  • Palmeiras x Sport (18º, 27 pontos) – na segunda-feira, às 21h30.

O Tricolor também pode acabar a rodada como 16º. Para isso, precisa necessariamente vencer, e três dos quatro concorrentes, não. A equipe gaúcha tem sete vitórias, superior a Sport, Juventude e Santos no critério de desempate. Conta ainda com saldo de gols melhor que o Bahia, ainda que empate no número de triunfos.

Todos os jogos, à exceção de Palmeiras x Sport, ocorrem antes da partida do Grêmio, na segunda-feira. Portanto, o Tricolor entrará em campo já sabendo se poderá sair do Z-4. O time teve cinco oportunidades de deixar a zona do rebaixamento até agora durante a competição, mas falhou em todas.

As situações eram mais simples que a atual. Uma vitória daria o respiro buscado pelo Grêmio, mas o time não correspondeu contra Corinthians, Athletico, Sport, Cuiabá e Santos. Após esta última partida, Felipão deixou o comando e deu lugar a Mancini.

O clube gaúcho aposta em uma reação com o novo treinador, que estreou com vitória sobre o Juventude. O Tricolor precisa de sete vitórias para fugir da zona de rebaixamento e permanecer na Série A. A partida contra o Atlético-GO está marcada para as 20h de segunda-feira, em Goiânia.



Veja também