A ida do volante Arthur para a Juventus, da Itália, já é dada como certa na Espanha. De acordo com o periódico Mundo Deportivo, o anúncio oficial é questão de tempo. O Barcelona deverá confirmar a venda do jogador por 70 milhões de euros (cerca de R$ 420 milhões). O desfecho dessa negociação na Europa é bastante aguardado pela diretoria do Grêmio. 

O Tricolor tem direito a receber 3,5% da transação pelo mecanismo de solidariedade da Fifa – tem participação na formação do atleta. Com isso, poderá embolsar cerca de R$ 14,7 milhões. Um valor que viria em boa hora para amenizar os estragos causados pela pandemia de coronavírus nas finanças. Arthur foi vendido pelo Grêmio ao clube espanhol em 2018 por 31 milhões de euros (mais 9 milhões de euros em cláusulas de desempenho). O volante foi campeão espanhol na temporada 2018/19 pelo Barcelona, mas nunca se firmou como titular absoluto no time catalão. 

Em sua segunda etapa do plano de contingência, o Grêmio não estipula valores de vendas de jogadores. A possível negociação de Arthur pelo Barça entraria como uma “receita extraordinária” nos cofres do clube.



Veja também