Grêmio viaja nesta Quarta para se ‘acostumar’ à altitude de Bogotá

7 de maio de 2013 - Às 15:19
O Grêmio viaja nesta Quarta para Bogotá, 10 dias antes do confronto contra o Santa Fé. O objetivo é mesmo de que os jogadores se acostumem com os 2.640 metros de altitude, já que de início os jogadores terão náuseas e dores de cabeça, desta forma no dia da partida, estes problemas não deverão ser enfrentados.
“Eles [jogadores] vão identificar todos os sintomas logo de cara. Identificarão a hiperventilação [respiração rápida], desconforto, dor de cabeça, náuseas, vão sentir tudo e nada será controlado. Para que se acostumem com isso. Dos aspectos técnicos, a velocidade da bola, os caminhos a serem percorridos, tudo será identificado na chegada, e com tempo se tornará rotina”, disse o preparador físico Antonio Mello.
O preparador físico comentou sobre a adaptação à altitude:
“No dia do jogo estaremos totalmente adaptados. A adaptação se dá para momentos curtos. Para períodos mais longos seria aclimatação. Isso dependeria de um mês de trabalho, que é um tempo que não temos. Mas no dia do jogo estaremos totalmente adaptados”, falou Mello.
Em Bogotá, o Grêmio treinará duas vezes por dia e prevê a realização de um jogo treino.


Veja também