O Grêmio recebeu a Universidad Católica na noite desta terça-feira pela 5ª rodada da Libertadores 2020 e conseguiu uma importante vitória por 2 a 0 graças a gols de Pepê e Rodrigues, ambos na etapa final.

O Tricolor não teve Kannemann e Geromel, diagnosticados com COVID.

Escalação inicial: Vanderlei, Orejuela, Rodrigues, David Braz, Cortez, Matheus Henrique, Darlan, Robinho, Alisson, Pepê, Diego Souza

PRIMEIRO TEMPO
O time chileno iniciou a partida assustando. Logo aos 4 minutos, Pinares cobrou escanteio e Aued cabeceou forte, Vanderlei fez grande defesa, salvando o Tricolor. O time visitante começou melhor a partida, pressionando e chegando com perigo.

Aos poucos, o Grêmio saiu da pressão do time chileno e passou e melhorar e a ditar o ritmo do jogo. Aos 12 e aos 15, Diego Souza e Alisson assustaram o goleiro Dituro. A partida ficou equilibrada e o Grêmio era melhor. Aos 35, Orejuela arriscou chute e o goleiro chileno espalmou, salvando a Católica.

O time chileno conseguia levar perigo através de cobranças de escanteio.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final não poderia começar melhor. Logo no primeiro minuto, Robinho cruzou, Alisson não alcançou e a bola sobrou para Pepê na área que dominou e sem deixar a bola cair bateu no canto, um bonito gol abrindo o placar na Arena.

Aos 17 minutos, o Tricolor escapou em contra-ataque. Alisson na direita deu drible da vaca na marcação, avançou e cruzou rasteiro para Rodrigues, livre chegar completando para as redes, ampliando o placar em um belo gol.

Com os dois gols, o Grêmio ficou mais tranquilo na partida. O time chileno parecia não ter mais forças para reagir e o Tricolor tinha o controle do jogo. O técnico Renato fez diversas alterações na equipe.

A partida se encaminhou ao final com vitória Tricolor.



Veja também