O Grêmio visitou o Internacional na noite desta quarta-feira pela 4ª rodada da Libertadores e venceu por 1 a 0 graças a gol de Pepê, se recuperando na Libertadores, melhorando o clima dentro do clube e alcançando 10 jogos sem perder em clássicos Gre-Nal de forma consecutiva.

O Tricolor chega aos 7 pontos, ainda vice-líder da chave (pelo saldo de gols) e tem pela frente dois duelos como mandante para garantir a classificação.

Escalação inicial: Vanderlei, Orejuela, Rodrigues, Kannemann, Cortez, Lucas Silva, Matheus Henrique, Darlan, Alisson, Pepê, Diego Souza

PRIMEIRO TEMPO
O começo de jogo não foi bom, com muitas trocas de passe e pouca efetividade por parte das equipes. Entretanto, era o Grêmio quem mais se mostrava afim de jogo, chegando pelos lados e buscando pressionar.

A primeira boa chance só veio aos 27 minutos com chute de Alisson que passou perto. O Tricolor trocava passes enquanto o time da casa apenas acompanhava e marcava. O Grêmio estava sempre rondando a área do adversário.

Aos 42 minutos, Orejuela arriscou chute de fora da área e ela passou muito perto, assustando o goleiro Marcelo Lomba. A etapa inicial se encaminhou ao final, sem grandes emoções.

SEGUNDO TEMPO
O Inter chegou bem aos 12 minutos. Após cruzamento, Thiago Galhardo apareceui cabeceando e Vanderlei espalmou, na melhor chance do Inter na partida. Já aos 22 minutos, Diego Souza recebeu em contra-ataque e acionou Pepê que recebeu na área e tentou encobrir Lomba que saiu do gol, mas errou, perdendo grande oportunidade.

Aos 28 minutos, rondando a área, o Grêmio chegou ao gol. Pepê avançou e bateu cruzado da entrada da área no canto, abrindo o placar no Beira-Rio.

Após sofrer o gol, o Inter se lançou ao ataque em busca do empate e chegou com perigo em duas finalizações, mas errou. O time da casa, desesperado não conseguiu se organizar para atacar e buscar o empate. Em contrapartida, o Grêmio se defendida bem e não deixava o Inter criar chanes claras.



Veja também