Grêmio vence GRE-NAL 393 por 1 a 0 e assume 3ª colocação

26 de agosto de 2012 - Às 20:59
Lucas Uebel/Divulgação Grêmio – EDITADA SANGUE AZUL

Pela última rodada do primeiro turno, o Grêmio enfrentou o Inter no clássico GRE-NAL dentro do estádio Beira-Rio, e venceu por 1 a 0, graças a gol de Elano, no início da partida. Debaixo de chuva, a partida foi equilibrada, mas o Tricolor foi eficiente na defesa e no ataque, conquistando os 3 pontos e assumindo a terceira posição.

O começo de jogo no Beira-Rio foi equilibrado, com as duas equipes tocando a bola e se estudando dentro de campo. Mas, em um lance despretensioso aos sete minutos, o Grêmio abriu o placar. Anderson Pico levantou bola na área, Juan tirou e Elano pegou a sobra, sem goleiro, empurrando para as redes.
Aos 15, o autor do gol teve que ser substituído devido a contusão. Marquinhos entrou em seu lugar. Aos 22 minutos, Fernando perdeu a bola para Leandro Damião, que avançou e tocou para Forlán. Na cara do gol, o uruguaio bateu rasteiro, para boa defesa de Grohe. Na cobrança do escanteio, Damião subiu mais que a zaga Gremista e cabeceou para fora.
Aos 31, Zé Roberto bateu falta, o goleiro Muriel espalmou e na sequência da jogada, o impedimento foi marcado. Aos 35, Marquinhos e Fabrício levaram amarelo devido a desentendimento dentro de campo. O primeiro tempo acabou com o Inter melhor, porém com competência do Grêmio.


Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Forlán pegou a sobra dentro da área, que livre bateu em cima da zaga gremista, salvando o que seria o empate. O time da casa tinha mais posse de bola e era mais ofensivo. O Tricolor se defendia bem, com Marcelo Moreno e Kléber também apoiando na marcação.


Aos 16, Forlán chegou na linha de fundo e tentou cruzar, mas a bola pegou efeito e foi para o gol, Marcelo Grohe jogou para escanteio. No minuto seguinte, Marcelo Moreno saiu para entrada de Leandro. Aos 20, Kléber avançou e lançou para Leandro, que trombou com o goleiro e o zagueiro Nei, perdendo boa chance.


O Grêmio se defendia bem, a só se escutava a torcida Gremista cantar no Beira-Rio. Aos 30, Forlán bateu falta e o goleiro Marcelo Grohe defendeu sem dificuldades. Aos 36, Fernando cobrou falta mas o goleiro defendeu sem problemas. O Grêmio jogava nos contra-ataques e o Inter pressionava, mas sem muito perigo.


O Inter pressionava, mas o Grêmio era sobrio na partida, segurava a bola no campo de ataque e não dava chances ao time adversário. A partida acabou e o Tricolor venceu sua 12ª partida no Brasileirão.



Veja também