Foto: André Avila/Agência RBS

O Grêmio recebeu o Botafogo na noite desta quarta-feira pela partida de volta das quartas de final da Libertadores da América e venceu por 1 a 0 graças a gol de Barrios em uma partida bastante nervosa. O jogo de ida havia terminado em 0 a 0.

Na semifinal, o Tricolor enfrentará o Barcelona de Guayaquil, que eliminou o Santos.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Léo Moura e Fernandinho; Lucas Barrios

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou bastante equilibrada e foi o Botafogo que teve a primeira boa chance. Aos 9 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Bruno Silva que de calcanhar quase dentro da pequena área obrigou Grohe a boa defesa. Na sequência, a zaga afastou.

O Tricolor teve sua primeira boa oportunidade aos 20 minutos. Após cruzamento na área, a bola sobrou para Fernandinho que emendou e acertou o travessão de Gatito. O time carioca empatou em bolas na trave e aos 24, Bruno Silva arriscou de longe e acertou o poste de Grohe.

O time carioca chegou a pressionar e aproveitar do momento ruim do Tricolor na partida, fazendo com que Renato fizesse uma substituição logo aos 37 minutos, colocando Everton no lugar de Léo Moura. Apesar de sair da pressão do Botafogo, o Tricolor acabou o primeiro tempo pior.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final mal havia iniciado e o Grêmio teve grande chance. Fernando cobrou falta na cabeça de Michel que mandou no ângulo, mas o goleiro Gatito fez grande defesa. O jogo estava bastante equilibrado até que um lance de bola parada movimentou o jogo.

Aos 17 minutos, Edilson cobrou falta na segunda trave onde estava Barrios que subiu bem de cabeça e mandou sem chances para Gatito, abrindo o placar. O time carioca tentou sair mais para o jogo, que ficou aberto. No entanto, aos 28, o Grêmio teve chance de ampliar com Kannemann de cabeça, mas Gatito salvou.

O Botafogo partiu para cima do Grêmio, deixando o time mais ofensivo buscando o empate a todo custo, com diversos escanteios e cruzamentos na área. No fim do jogo, Renato colocou Luan no lugar de Ramiro.



Veja também