Grêmio valoriza ponto conquistado em SC e admite problema na bola aérea

Tricolor empatou em 3 a 3 com a Chapecoense nesta quarta-feira na Arena Condá

15 de junho de 2016 - Às 21:58
Foto: Lucas Uebel
Foto: Lucas Uebel

Na noite desta quarta-feira, o Grêmio reviveu em Chapecó novamente um dos maiores problemas na temporada: a bola aérea. O time não jogou mal, mas a defesa deixou a desejar e devido a gols em jogadas aéreas – além de um pênalti – empatou por 3 a 3 deixando escapar uma vitória que parecia certa devido a superioridade em campo.

Apesar do gosto amargo do empate, os jogadores consideraram como um bom resultado. O goleiro Marcelo Grohe admitiu problemas em jogadas aéreas:

– Vamos trabalhar para corrigir. Estamos tomando muito gol de bola parada, pela desatenção de todos, inclusive minha. Queríamos muito a vitória, mas o empate ficou de bom tamanho – analisou o goleiro gremista após a partida.

O zagueiro Geromel valorizou o ponto conquistado:

– Todo mundo lutou bastante. A gente sabe que eles são fortes neste tipo de jogada. Tentamos neutralizar, infelizmente não conseguimos. Fizemos um grande jogo, corremos atrás do placar, tivemos força e capacidade. É um ponto aqui, é difícil, poucos vão conseguir. Temos que estar satisfeitos pelo que fizemos – comentou Geromel.

O Tricolor volta a campo no domingo quando recebe o Cruzeiro às 19h.



Veja também