Grêmio vai fazer negócios “com pés no chão”, afirma Romildo

Presidente do clube disse que reforços são necessários para o time para ficar mais competitivo

18 de dezembro de 2018 - Às 12:04
Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com

“O Grêmio sabe que precisa se reforçar. Não se assustem, não se apavorem. Tudo a seu tempo. Negócios com pés no chão, mas que vão nos deixar competitivos”. A frase do presidente Romildo Bolzan Junior é um recado aos torcedores do Grêmio que andam preocupados com o fato de o clube não ter efetivado nenhuma contratação até o momento.

Pelo contrário, até agora foram apenas saídas. Douglas, Bressan e Ramiro deixaram o Grêmio. E Cícero está reforçando essa lista, já que não respondeu à proposta de renovação por mais um ano. Apesar de não ser um titular absoluto, Cícero era extremamente útil para o grupo de Renato Portaluppi. O treinador está perdendo mais um jogador polivalente, que atuava em várias posições.

O Grêmio admitiu o interesse e tenta a contratação do meia-atacante Marquinhos Gabriel, que pertence ao Corinthians e está emprestado para o Al-Nasr, dos Emirados Árabes, até meados de 2019. Um retorno antecipado ao futebol brasileiro teria de ser solicitado pelo Corinthians. O atleta quer voltar e caso isso aconteça o Grêmio é o favorito para contratá-lo.



Veja também