O Grêmio vai aumentar o percentual de participação nos direitos econômicos do lateral-direito Vanderson nos próximos dias. O clube gaúcho tem em contrato uma cláusula prevista para efetuar a compra de mais 20% do Rio Branco, de Americana, no interior de São Paulo.

Atualmente, o Tricolor divide igualmente os direitos com o clube paulista. No entanto, está previsto em contrato a compra de mais 20% da fatia pertencente ao Rio Branco por R$ 200 mil até dia 31 de agosto. Assim, o Grêmio passará, até o fim do mês, a ter 70% dos direitos do lateral-direito.

Conforme apurou o ge, o pagamento ainda não foi encaminhado, mas o Grêmio o fará dentro do prazo projetado no acordo.

Vanderson em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Vanderson em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O que também gera mais lucro no futuro, já que diversos clubes europeus estão de olho na contratação do lateral de 20 anos. Nesta janela de transferências, Milan, Tottenham, Spartak Moscou e Arsenal já mostraram interesse no jogador com contatos preliminares com o empresário Márcio Cruz, que cuida da carreira do lateral.

Desfalque na vitória sobre o Bahia, suspenso, Vanderson volta ao time na quarta, contra o Flamengo, nas quartas da Copa do Brasil. O lateral marcou um gol de falta no fim de semana anterior, na derrota do Grêmio para o São Paulo, pelo Brasileirão.

Vanderson tem contrato com o Tricolor até 31 de dezembro de 2025. Na última renovação, a nova multa rescisória para o clubes do Exterior passou de 50 milhões de euros para aproximadamente 100 milhões de euros (R$ 620 milhões na cotação atual).



Veja também