Grêmio usará criatividade para contratar reforços ofensivos

Tricolor busca reforçar o ataque, mas não há muito dinheiro em caixa

13 de janeiro de 2016 - Às 06:32
Foto: Reprodução (Grêmio FBPA)
Foto: Reprodução (Grêmio FBPA)

Para fechar o elenco de 2016, ainda faltam peças para o setor ofensivo. O Grêmio não tem muito dinheiro em caixa para investir e por isso as negociações acabam dificultando. O presidente Gremista, Romildo Bolzan comentou que o Tricolor terá que ser criativo e aposta em recuperar jogadores do futebol:

“O que eu posso dizer para o nosso torcedor é que nós teremos um centroavante, mais um atacante e um articulador, mas não serão nenhum daqueles jogadores que ninguém vai duvidar”, definiu. “Tem que contratar barato e com capacidade de uma boa avaliação”, admitiu o dirigente.

Atletas como Douglas, Erazo, Galhardo e Geromel eram desconhecidos ou não estavam em uma boa fase. Após o ano passado, todos eles ganharam um novo status devido a um bom ano no Grêmio:

O Grêmio tem por tradição recuperar e colocar no mercado atletas que estão desacreditados”, ponderou.

“Um time não se forma rigorosamente por um esplendor técnico de visualização, se forma por uma avaliação criteriosa de que tipo de jogador se precisa”, acrescentou Bolzan. “O Grêmio está trabalhando nessa linha, não estamos nos aventurando muito não.”

Adaptado Correio do Povo



Veja também