Foto: Vinícius Costa/BP Filmes

Vinte gols em 51 jogos. Os números apresentados por Luciano em 2019 dão tranquilidade para o Grêmio buscar um novo centroavante no mercado, com Pedro, ex-Fluminense e hoje na Fiorentina, como principal alvo.

Após encerrar a última temporada em alta e com direito a gol de bicicleta, o atacante abre 2020 com status de titular da equipe de Renato Gaúcho. Seja por méritos ou pelos momentos de baixa de André e Diego Tardelli, ambos prestes a deixar o clube.

Contratado junto ao Fluminense no meio do ano passado, Luciano precisou de um tempo para encaixar no time do Grêmio. Fez o primeiro gol após passar seis jogos em branco. Foi o suficiente para abrir as portas à boa fase.

O atacante deslanchou de vez quando assumiu a titularidade, após a eliminação para o Flamengo na Libertadores. Nos últimos 10 jogos pelo Brasileirão, anotou quatro gols. Ao todo, foram cinco gols em 20 jogos pelo Tricolor em 2020. Um deles, o de bicicleta na vitória sobre a Chapecoense, rendeu um carro popular pago por Renato Gaúcho. Promessa é dívida.

Os outros 15 gols foram anotados pelo Fluminense ainda no primeiro semestre. Mas o atacante cresceu de produção no Grêmio com a parceria firmada na reta final da temporada, em um ataque de mobilidade pura.

Na referência do ataque, Luciano era municiado por Everton, Pepê e Alisson nos jogos da reta final do Brasileirão. Em 2020, a tendência é que Jean Pyerre passe a criar as jogadas como meia central.

Mas a hierarquia do atacante segue intacta e até cresce diante das saídas pretendidas pela diretoria gremista. O clube tem a intenção de se desfazer de Diego Tardelli e André. Nenhum dos dois conseguiu se firmar no time gaúcho. Felipe Vizeu, aliás, já deixou o clube.

– Estou aqui para brigar pelo meu espaço, para brigar por oportunidades e quando vier, estar preparado. Nunca deixei de trabalhar, focado, para que o momento pudesse vir. Não me acho titular, tenho que trabalhar para isso, no Grêmio só tem grandes jogadores. Se Deus quiser ano que vem vai ser um ano de vitórias e títulos – disse Luciano em entrevista concedida em dezembro.

Grêmio tenta a contratação de Pedro — Foto: Getty Images

Grêmio tenta a contratação de Pedro — Foto: Getty Images

Luciano só terá seu posto ameaçado – e provavelmente perdido – caso o Grêmio concretize a tão ansiada chegada de um centroavante para 2020. Pedro é o nome dos sonhos da diretoria. O clube gaúcho já abriu conversas com a Fiorentina para contratar o centroavante ex-Fluminense e cogita até fazer um investimento para adquirir parte dos direitos do atleta.

Outras procuras

Com a saída de Luan para o Corinthians, o Grêmio busca outro armador para o grupo. A ideia é a contratação de um jogador para brigar por posição com Jean Pyerre, meia que retorna de lesão. Nesse cenário, o uruguaio Carlos Sánchez seria alternativa – ele pode exercer praticamente todas as funções no meio-campo.

O Tricolor ainda procura dois laterais – um para cada lado. Para a esquerda, o Tricolor tenta o empréstimo de Caio Henrique – depende do aval do Atlético de Madrid. Para o outro lado, o clube tenta a volta de Edilson, nome que agrada a Renato.

Até o momento, o clube gaúcho oficializou a contratação do lateral-direito Victor Ferraz, em uma troca que envolveu a ida de Madson para o Santos, e do volante Lucas Silva, livre no mercado. O grupo se reapresenta em 9 de janeiro para a retomada da temporada.



Veja também