Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O Grêmio já jogou a semifinal da Copa do Brasil 12 vezes — a 13ª aparição é neste ano, contra o Cruzeiro. Nelas, venceu a primeira partida quatro vezes — em 1997 (Corinthians), 2001 (Coritiba), 2010 (Santos) e 2016 (Cruzeiro). O aproveitamento nestas situações é animador: 75% de classificação à final. Neste ano, venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na Arena e joga por um empate — ou derrota por um gol de diferença, desde que marque gols — no Mineirão para ficar com a vaga na decisão.

Em 1997, o Grêmio venceu o Corinthians por 2 a 1 em São Paulo no jogo de ida. Depois, garantiu a classificação à final com um empate no Olímpico — na final, passaria pelo Flamengo para chegar ao tricampeonato.

Em 2001, o adversário foi o Coritiba. O time de Tite venceu no Olímpico por 3 a 1. Depois, confirmou a vaga com uma nova vitória por 1 a 0 no Paraná — seria campeão ao derrotar o Corinthians na decisão.

Em 2010, ocorreu a única eliminação. O time de Silas venceu o Santos de Neymar, Paulo Henrique Ganso e Robinho por 4 a 3 no Olímpico. Na Vila Belmiro, no entanto, os santistas venceram por 3 a 1 e ficaram com a classificação.

No ano passado, em um duelo com o mesmo adversário deste ano, o Grêmio venceu o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão. Na Arena, segurou um empate sem gols para ficar com a vaga. Garantiu o pentacampeonato na final diante do Atlético-MG.

1997
Corinthians 1×2 Grêmio
Grêmio 1×1 Corinthians
Grêmio classificado

2001
Grêmio 3×1 Coritiba
Coritiba 0x1 Grêmio
Grêmio classificado

2010
Grêmio 4×3 Santos
Santos 3×1 Grêmio
Grêmio eliminado

2016
Cruzeiro 0x2 Grêmio
Grêmio 0x0 Cruzeiro
Grêmio classificado



Veja também