Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Com menos de um mês para o término da temporada 2020 e início do calendário de 2021, o Grêmio está ciente dos 12 contratos de atletas com término até 31 de dezembro. No entanto, ainda não abriu negociações para renová-los para focar no objetivo de garantir a vaga na fase de grupos da Libertadores 2021. Por isso, as prorrogações ou liberações serão analisadas somente após as finais da Copa do Brasil.

Na Arena há o entendimento de que nenhum caso é urgente para ser acelerado. Comissão técnica e dirigentes acertaram que a própria permanência de Renato Portaluppi será decidida após os embates contra o atual campeão da América. O exemplo é repassado ao plantel para não desviar atenções dos objetivos da parte final de disputas.

Três jogadores possuem vínculos até o final deste mês de fevereiro: o goleiro Júlio César, o meia Robinho e o atacante Luiz Fernando. Apenas o arqueiro, por exemplo, pode atuar na Copa do Brasil. Um aditivo já foi acionado para estender o seu acordo por mais dois meses e não deve fazer nova ampliação. Os outros dois não podem jogar a copa nacional por terem atuado em outras equipes na competição.

Apenas a situação de Luiz Fernando pode ter continuidade na temporada de 2021. Por isso, o Botafogo será procurado sobre a possibilidade de permanência do jovem em Porto Alegre até o final da temporada de 2021. Já o meia, que recebeu a camisa 10 na Libertadores, não deverá seguir na capital gaúcha.

Casos como Victor Ferraz e Vanderlei também contam com cláusulas automáticas de renovações. Os termos do acordo prevem extensão pela utilização em 65% das partidas no próximo ano de competições, algo previsível pelas escalações recentes.

Diego Souza não preocupa o ambiente do clube. Aos 35 anos, o atacante não descarta até mesmo se aposentar no final do próximo Brasileirão. Tudo dependerá do seu rendimento e da sua disposição no final de 2021. Maicon vive situação semelhante. O volante, que está desde 2015 em Porto Alegre, ainda é visto como importante no vestiário, mas as conversas só serão iniciadas após os enfrentamentos com o Palmeiras.

O estafe de Cortez já entrou em contato com o departamento de futebol e sabe que há mútuo desejo para o lateral estender o seu vínculo até o final de 2022, mas deverá esperar a decisão da Copa do Brasil para selar qualquer novo acordo. Já David Braz ainda não tem posicionamento definitivo sobre a extensão. O atleta está perdendo espaço pela titularidade.

Por outro lado, Brennno, goleiro de 21 anos, ainda está em compasso de espera para definir o seu futuro. O jovem aguarda saber se permanecerá atrás na hierarquia ou ganhará mais oportunidades. Hoje ele está atrás de Vanderlei, Paulo Victor e Júlio César. Em recuperação, Leonardo Gomes também deverá ser procurado nas próximas semanas, já que o clube acredita no potencial do lateral.

O único nome que deverá ser incluído em alguma transação e não permanecerá no Tricolor é o volante Machado. O Cruzeiro deseja contar mais uma vez com o volante e o Grêmio estuda a condição para liberação.

Confira os jogadores do Grêmio com contrato até o final de 2021:

  • Robinho – 28/02/2021
  • Júlio César – 28/02/2021
  • Luiz Fernando – 28/02/2021
  • Maicon – 31/12/2021
  • Diego Souza – 31/12/2021
  • David Braz – 31/12/2021
  • Cortez – 31/12/2021
  • Brenno – 31/12/2021
  • Leonardo Gomes – 31/12/2021
  • Victor Ferraz – 31/12/2021
  • Vanderlei – 31/12/2021
  • Machado – 31/12/2021


Veja também