O Grêmio recebeu o Fluminense na Arena na noite deste domingo pela 3ª rodada do Brasileirão e acabou sofrendo uma virada inacreditável de 5 a 4 após ter feito 3 a 0 com 21 minutos de jogo. Conseguiu o empate no fim do jogo, e ainda sofreu o quinto gol nos acréscimos. O Tricolor jogou muito bem nos primeiros 30 minutos de jogo, mas parou de jogar e o Fluminense tomou conta da partida.

E o Grêmio segue sem vencer no Brasileirão, na zona de rebaixamento.

Escalação inicial: Julio Cesar, Leo Moura, Michel, Kennamann, Cortez, Matheus Henrique, Maicon, Jean Pyerre, Alisson, Everton, André

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio abriu o placar logo aos 5 minutos. Cortez recebeu lançamento e cruzou rasteiro para André, de carinho, abrir o placar. O auxiliar acusou impedimento, mas o VAR confirmou gol legal e o árbitro assinalou para o meio de campo, 1 a 0.

Aos 12 minutos, após troca de passes, Léo Moura encontrou Alisson que cruzou, Everton se antecipou à marcação e cabeceou no cantinho, ampliando o placar na Arena. O Grêmio era melhor na partida, tocava a bola com tranquilidade.

Aos 21 minutos, após uma grande troca de passes, Jean Pyerre tabelou com André e na cara do gol bateu na saída do goleiro, ampliando o placar. Um golaço! Com o resultado encaminhado, o Grêmio diminuiu o ritmo e viu o Fluminense crescer na partida.

O time carioca descontou aos 38 minutos após desvio de Yony Gonzalez de dentro da área, após cruzamento e desvio na área. E dois minutos mais tarde, o goleiro Julio César tentou driblar Luciano, perdeu a bola e o atacante adversário marcou o segundo gol do time visitante na partida.

O jogo que parecia encaminhado para o Grêmio se tornou novamente complicado após dois minutos de cochilo do Grêmio.

SEGUNDO TEMPO
Logo no primeiro minuto da etapa final, Julio César fez duas grandes defesas, uma em chute da entrada da área e outra em toque de cabeça à queima-roupa, evitando o empate do time carioca.

O Fluminense estava muito ligado na partida e pressionando o Grêmio. Aos 10 minutos, após cobrança de falta, Luciano cabeceou, Julio Cesar espalmou e na sobra Matheus Ferraz desviou para empatar o jogo na Arena.

Renato colocou em campo Luan e Marinho nos lugares de Alisson e Jean Pyerre. Mas o Grêmio não estava bem em campo e o time do Fluminense estava muito afim de jogo. Aos 26, o árbitro marcou pênalti em puxão de camisa de Kannemann em Thiago Ferraz na área. Pedro bateu e virou o jogo para o Fluminense.

Aos 37 minutos, Julio Cesar fez grande defesa em chute de Daniel da entra da área, evitando o quinto gol. Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, Kannemann subiu mais que a defesa adversária e cabeceou para o fundo do gol, empatando o jogo.

Aos 40 minutos, Luan recebeu e da entrada da área bateu colocado, o goleiro Rodolfo espalmou, salvando o Fluminense. Aos 43 foi a vez de Marinho testar o goleiro do Fluminense, que espalmou mais uma.

Mas, a noite não era do Grêmio. Aos 47 minutos, Yony González pegou sobra na área e bateu de voleio, a bola ainda desviou na defesa antes de entrar. O quinto gol do Fluminense.

PÚBLICO E RENDA
8.390 pagantes
9.734 presentes
R$ 266.323,00



Veja também