Foto: Porthus Junior

A gurizada do Grêmio fez sua pior atuação no Campeonato Gaúcho e foi derrotada de virada pelo Juventude por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (25), no castigado gramado da Montanhas do Vinhedos, em Bento Gonçalves. Com a derrota, o Tricolor perdeu a oportunidade de retomar a liderança do Gauchão.

O Grêmio terminou o primeiro tempo em vantagem graças um gol de Ricardinho, que teve sorte ao desviar a bola de costas após chute de Ferreira. Matheus Peixoto, de cabeça, e Eltinho, cobrando pênalti, garantiram a vitória do Juventude na etapa final. O Tricolor, assim, para nos 10 pontos e fica em terceiro lugar na tabela do Estadual. O time de garotos do Grêmio terá chance de recuperação no próximo domingo (28), às 22h, quando irá receber o Pelotas na Arena.

Com Guilherme Azevedo lesionado e Léo Chú suspenso, Léo Pereira ganhou a oportunidade de ser titular contra o Juventude. O restante do time gremista foi o mesmo do empate com o São José, com a manutenção de Lucas Araújo no meio-campo apesar da boa atuação de Fernando Henrique segundo tempo no Passo D’Areia.

O Juventude começou a partida atacando o Tricolor, principalmente com as investidas de Capixava pelo setor direito do ataque. O camisa 7 chutou perto do gol de Brenno no primeiro minuto do confronto. Depois, foi a vez de Marcos Vinicios arriscar, mas também não acertou o alvo.

A superioridade do time da Serra durou pouco mais de 10 minutos, quando o Juventude chegou a 60% de posse de bola. Depois do susto inicial, o Grêmio assumiu o controle da partida. O Tricolor recuperou a bola, mas encontrou muita dificuldade para finalizar.

Sempre peça importante para furar marcações fechadas, Ferreira apareceu apenas aos 32 minutos, quando deixou três marcadores para trás e acabou derrubado por Capixaba ao lado da área. Lucas Araújo cobrou direto e fez Marcelo Carné trabalhar pela primeira vez.

Mesmo com a superioridade territorial do Grêmio, a partida seguiu com poucas emoções até que, nos acréscimos, Ferreira voltou a aparecer em uma iniciativa pessoal. Ele cortou da esquerda para dentro e chutou uma bola que desviou no caminho em Ricardinho e matou Carné. Gol com um pouco de sorte do jovem centroavante gremista para o Tricolor ir para intervalo em vantagem.

— Foi um gol importante para voltarmos com moral. O Ferreira foi chutar, tentei sair, mas centroavante é isso aí — resumiu Ricardinho, na ida para o vestiário.

Atrás no placar, o Juventude voltou para o segundo tempo disposto e desfazer a vantagem do Grêmio. Com dificuldade para construir jogadas, a a equipe da Serra começou apostando em finalizações de fora da área. Primeiro, o atacante Capixaba mandou por cima do gol. Na sequência, o meia Guilherme Castilho acertou um belo chute e Brenno fez uma grande defesa para manter o Tricolor em vantagem.

O Juventude não conseguia chegar com troca de passes, mas soube empurrar o Grêmio para o seu campo. Com a defesa gremista toda na área, aos 17, Eltinho cruzou e Matheus Peixoto subiu mais alto que Rodrigues para testar para vencer Brenno empatando a partida: 1 a 1.

O Grêmio nem teve tempo de reagir e, após um passe errado de Lucas Araújo no meio-campo, Marcos Vinicios recebeu em profundidade e foi derrubado na área em uma disputa com Vanderson e Ruan: pênalti. Eltinho bateu com categoria para virar o placar aos 21 minutos.

Alexandre Mendes mexeu no meio-campo com Victor Bobsin e Fernando Henrique nos lugares de Lucas Araújo e Pedro Lucas. Depois, Thayllon entrou por Darlan em uma troca mais ofensiva. O Grêmio até pressionou nos minutos finais, mas, sem efetividade, conheceu sua primeira derrota no Gauchão.



Veja também