Grêmio sofre, mas bate o Santa Maria e segue líder do Grupo A, com 100% de aproveitamento

9 de janeiro de 2011 - Às 23:09

Em seu primeiro grande teste na Copa São Paulo de Juniores, o Grêmio bateu o Santa Maria, do Distrito Federal por 3 a 1, e segue na liderança isolada do Grupo A com seis pontos. O jogo foi marcado pelo grande número de jogadores que saíram machucados: quatro. Um, para o hospital.


Estádio Bruno Lazzarini – Leme (SP)
Copa São Paulo de Futebol Júnior – Grupo A
Santa Maria-DF1 – 3Grêmio
Grêmio usa a cabeça no primeiro tempo
A etapa inicial começou logo com pênalti, aos 3 minutos. Emerson poderia deixar tudo mais fácil, mas acabou chutando para fora.
O pênalti parece ter desanimado e Grêmio e dado mais ânimo ao time de Brasília, que começou a jogar melhor e trocar passes. Sem armação, o time do Grêmio era bem marcado e não criava jogadas. A única forma de sair gol, seria mesmo de bola parada, e foram logo dois. Aos 47 minutos, Alexandre cobrou falta e Patrick, de costas, desviou para o gol.
Três minutos mais tarde, Jean aproveitou cruzamento, e de cabeça, ampliou o placar em um difícil primeiro tempo.
Segundo tempo apenas administrando
O segundo tempo começou com o Santa Maria tentando atacar, mas o Tricolor defendia muito bem, e segurava bem as investidas do time de Brasília.
Aos 26 minutos, Leleo cobrou falta na área, a bola quicou antes de chegar ao gol e o goleiro Tiago tomou um frango. O Santa Maria foi com tudo para o ataque, e o Grêmio, enfim, conseguiu puchar um contra-ataque, aos 45 minutos. Emerson recebeu, avançou, ninguém chegou na marcação e ele chutou da entrada da área, estufando a rede adversária.
A vitória deixou o Tricolor com seis pontos, necessitando de um empate, dia 12, às 16h00, diante do time da casa, o Lemense.


Veja também