Grêmio sofre com a arbitragem mas segura empate com Fluminense no RJ

Tricolor não teve pênalti marcado e acabou com jogador expulso por reclamação na etapa inicial

11 de junho de 2016 - Às 20:25

O Grêmio visitou o Fluminense neste sábado em duelo de Tricolores válido pela 7ª rodada do Brasileirão 2016 e empatou por 1 a 1. O Grêmio jogou boa parte da partida com um a menos, já que Ramiro foi expulso. O gol do Tricolor foi marcado por Marcelo Hermes.

Com o resultado, o Grêmio chega a 14 pontos na vice-liderança.

Escalação inicial: Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Wallace e Marcelo Hermes; Ramiro, Maicon, Giuliano, Douglas e Everton; Bobô.

PRIMEIRO TEMPO
O jogo iniciou com muita marcação por parte das duas equipes, porém a partida era movimentada e as chances começaram a aparecer. Aos 3, o Flu teve boa chance e o Tricolor respondeu aos 10 com Bobô.

A primeira clara chance foi aos 23, quando após sobra na área, Bruno Grassi salvou um chute de Cícero à queima-roupa. Dois minutos depois, Edilson chutou de fora, a bola bateu no braço de Henrique, pênalti que o árbitro não marcou.

Aos 33, Ramiro recebeu cartão vermelho direto por reclamação. Os jogadores do Grêmio ficaram revoltados em campo, mas a resposta veio na bola. Aos 40 minutos, após boa jogada do ataque, Marcelo Hermes apareceu, deu um toque por cima do goleiro e abriu o placar.

O Fluminense buscou pressionar no fim do primeiro tempo, mas o Tricolor assegurou a vantagem ao intervalo mesmo com um homem a menos.

SEGUNDO TEMPO
O time do Fluminense voltou para a etapa final pressionando em busca do empate já que estava com um homem a menos. O Grêmio, aos poucos, recuou, chamando o time carioca para seu campo.

Aos 29 minutos, a pressão do time da casa deu resultado. Marcos Júnior recebeu lançamento na área e bateu cruzado, sem chances para Bruno Grassi, empatando o jogo.

O técnico Roger fechou o time do Grêmio deixando três zagueiros, buscando segurar pelo menos um empate, e assim conseguiu, mesmo com muita pressão do time carioca no final.



Veja também