O Grêmio irá observar de perto os finalistas da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O clube gaúcho define os detalhes finais de uma lista com integrantes da campanha do vice-campeonato na Copinha para integrar o time de transição a partir de março deste ano. Entre eles está Diego Rosa, campeão do Mundial sub-17 com a Seleção e observado de perto pela comissão técnica de Renato Gaúcho desde 2019.

Os nomes de Vanderson, Heitor, Matheus Nunes, Diego Rosa, Fernando Henrique, Rildo, Elias e Fabrício estão entre os confirmados que irão para o time de Thiago Gomes. Outros três jogadores do time sub-20 também podem subir. As categorias sub-19 e sub-20 e também a transição (sub-23) voltam das férias nesta quarta-feira.

– O Grêmio tem 10 a 12 jogadores que vão subir da base para transição. Estarão próximos do grupo principal. Ali seguramente saem dois, três ou quatro jogadores – discursou Romildo antes da final do primeiro turno do Gauchão.

Diego Rosa é um dos promovidos para a transição — Foto: Guilherme Rodrigues/GR Press

Diego Rosa é um dos promovidos para a transição — Foto: Guilherme Rodrigues/GR Press

O meia Pedro Lucas, campeão mundial sub-17 no ano passado, fará um trabalho físico especial e depois a diretoria da base irá analisar se subirá ou não o jovem para a transição. Em 2019, ele e Diego Rosa pularam da categoria sub-17 para a sub-20 rapidamente.

Recentemente, dois jogadores, Alison Calegari, zagueiro, e Gabriel Biteco, volante, ambos do sub-20, foram emprestados ao Esportivo para a disputa do Gauchão. O meia Guilherme Dantas, da equipe sub-23, também foi cedido ao clube de Bento Gonçalves.

O time de transição normalmente se renova de tempos em tempos. Neste ano, o centroavante Da Silva foi emprestado para o Caxias na disputa do Gauchão, enquanto Tontini teve o contrato rescindido e também foi para o time da Serra. Entre outras diversas saídas.

A equipe de transição já funciona sob o guarda-chuva do departamento de futebol profissional e cede jogadores ao elenco de Renato Gaúcho em momentos de necessidade. Vários nomes de sucesso no profissional, como Matheus Henrique, Jean Pyerre e Pepê, passaram por ali.



Veja também