Prestes a ser promovido ao elenco profissional pelo técnico Renato Gaúcho, Rildo já ganha uma valorização do Grêmio. Um dos destaques do time sub-20 no vice-campeonato da Copa São Paulo, o meia-atacante renovou seu contrato com o clube até o final de 2023.

Na negociação, o Tricolor estipulou a multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 315 milhões na cotação atual). O valor é o dobro da cláusula do vínculo anterior, de 25 milhões de euros, e que ia até o fim de 2022. A informação sobre as cifras foi publicada no site Uol e confirmada pelo GloboEsporte.com

Rildo renova contrato com o Grêmio até o final de 2023 — Foto: Reprodução/Instagram

Rildo renova contrato com o Grêmio até o final de 2023 — Foto: Reprodução/Instagram

Rildo assinou o novo vínculo com o clube gaúcho na tarde da última sexta-feira. O garoto publicou o momento da assinatura em seu Instagram, com a seguinte mensagem:

– Agradecer primeiramente a Deus e a todos os envolvidos…Familiares, minha mulher, amigos, empresários e todos aqueles que torcem por mim! Aos torcedores gremistas pode esperar muita entrega e amor por esse clube.

O meia-atacante foi um dos destaques da equipe na Copinha deste ano, com direito a golaços marcados ao longo da campanha, Além dele, Renato observa o atacante Elias e o volante Diego Rosa e irá promovê-los ao time principal.

Meia de 20 anos, Rildo Gonçalves de Amorim Filho nasceu em Rondonópolis, no Mato Grosso. Costuma jogar de meia-armador, mas também pode atuar pelas pontas. Tem como pontos positivos a técnica, finalização e drible.

O jovem deu os primeiros passos no futebol pela Academia Rondonópolis e, aos 13 anos, foi para a base do São Paulo. Aos 16, os paulistas não exerceram a opção de compra. Ficou livre no mercado no início de 2017, recebeu propostas de Fluminense e Grêmio. Optou pelo Tricolor.



Veja também