Grêmio recusou uma proposta enviada pelo Boavista, de Portugal, para contratar o goleiro Brenno. O Tricolor entende que o jovem pode ter projeção dentro do clube e por isso não aceitou a oferta.

Conforme apurado pelo ge, o Boavista propôs um contrato de empréstimo de um ano com opção de compra no final do vínculo. Havia ainda um plano de carreira para que Brenno fosse o segundo goleiro da equipe principal. O atual titular é Léo Jardim, também criado na base do Grêmio.

Brenno em treino pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Brenno em treino pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel/DVG/Grêmio

O Tricolor sequer discutiu valores com os portugueses. O jovem de 21 anos tem contrato até dezembro de 2021 e até o momento não se discute uma renovação. No momento, é a quarta opção no elenco, atrás de Vanderlei, Paulo Victor e Julio César.

Natural de Sorocaba, Brenno tem só um jogo pelo Grêmio em 2020. Foi titular na derrota para o Pelotas nos pênaltis, na decisão da Recopa Gaúcha, no início do ano. Recentemente o Pelotas tentou sua contratação, mas o Tricolor também não liberou o jogador.



Veja também