Grêmio recusa 500 ingressos para o Gre-Nal e a novela continua

18 de outubro de 2013 - Às 10:56
A polêmica dos ingressos no Gre-Nal só aumenta. Ontem, a CBF enviou ofício à FGF declarando para que o Inter ceda dois mil bilhetes à torcida do Grêmio.
“Recebemos o ofício e já repassamos para os dois clubes. A CBF ordenou que se cumpra o regulamento, com repasse de 10% dos ingressos para o visitante. Como a Brigada Militar fala em 20 mil no Centenário, o Grêmio tem que receber duas mil entradas”, disse o presidente da FGF, Francisco Novelletto.
Porém, o Inter não aceita e até enviou um representante ao Olímpico entregar 500 bilhetes na tarde desta quinta, porém o Grêmio recusou.
“O jurídico do Grêmio resolveu não aceitar. O Inter vai comunicar a CBF que o Grêmio se recusou a aceitar os 500 ingressos. Vamos enviar todo o histórico da relação e para que a CBF tenha em mãos as duas versões dos fatos. Não vamos aumentar o número, queremos manter o acordado lá atrás”, disse à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre o vice de administração do Inter José Amarante.
O presidente do Inter, diz que havia um acordo verbal entre os clubes que determinaria apena 2,5% dos ingressos para os visitantes nos clássicos neste Brasileirão.
O clássico ocorre domingo, às 16h no Centenário.


Veja também