Depois de um longo imbróglio na Justiça, o Grêmio quitou a dívida com o atacante Kleber Gladiador. O jogador chegou a Porto Alegre em 2011 como a grande aposta para as atuações na Arena, que foi inaugurada no ano seguinte, e deixou o clube em 2014.

Quando assinou com o clube gaúcho, o atleta fechou acordo por cinco anos — na época, o Grêmio pagou R$ 5 milhões ao Palmeiras por 50% dos direitos econômicos. Com a rescisão, houve uma ação na esfera trabalhista de R$ 7,2 milhões.

Então, o Grêmio fechou acordo para pagar pouco mais de R$ 120 mil por 60 meses. A última parcela da dívida, adquirida ainda na gestão de Paulo Odone, foi quitada nesta semana.

Entre os valores gastos com a contratação, salários e a ação trabalhista, o Grêmio estima que tenha investido cerca de R$ 50 milhões em Kleber, o que o tornaria um dos jogadores mais caros da história tricolor. Atualmente, o atacante está no futebol dos Estados Unidos.



Veja também