Enquanto Renato Portaluppi permanece em casa sendo preservado de uma possível exposição a Covid-19, já que faz parte do grupo de risco, o auxiliar técnico Alexandre Mendes será o integrante da comissão técnica que ficará responsável por comandar as atividades com os jogadores. A ideia é aproveitar o tempo de treinos sem competições para deixar o grupo preparado para a volta as partidas oficiais.

“Apesar de não ter nenhuma competição em vista, é sempre bom manter os atletas em atividade, dentro de uma ordem direcionada pelo Departamento Médico e órgãos oficiais de saúde. Está sendo bem trabalhado e ganha-se tempo. Reclamamos muito que não há tempo para treinamento, então vamos aproveitar esse período par testar e condicionar os atletas”, revelou ao site do Grêmio.

Mendes destacou ainda como serão realizadas as atividades nestes primeiros treinamentos com o elenco dividido em pequenos grupos. “Serão avaliações de fisioterapia, fisiologia e complemento físico no campo. Depois, de acordo com os resultados dos testes, vamos compondo os treinamentos de acordo com o nível de cada um”, revelou.

Dezesseis jogadores iniciaram na manhã desta quinta-feira os trabalhos físicos no CT presidente Luiz Carvalho. À tarde, 18 irão até o local para realizarem os mesmos procedimentos e depois fazerem um circuito de corridas pelos gramados do CT.

Renato doará alimentos para comunidade carente

O técnico Renato Portaluppi irá doar sete toneladas de alimentos para moradores carentes. Preocupado com a realidade dos menos favorecidos que vivem nas comunidades ao redor da Arena, o treinador pediu para checarem como estava a situação e, pelas dificuldades, prometeu fazer a doação.



Veja também