Foto: Arquivo pessoal

Lucas Leiva e Grêmio diminuíram o ritmo nas negociações depois do avanço nos últimos dias noticiado pelo ge para o retorno do volante. No entanto, o otimismo por parte do clube gaúcho segue para um desfecho positivo. Um encontro presencial entre direção e o jogador é um dos passos pendentes para um encaminhamento e possível acerto entre as partes.

A intenção do Grêmio era sentar para conversar com Lucas Leiva antes da viagem para Recife, onde encara o Sport na próxima segunda-feira. Porém, o ex-Liverpool viajou nesta sexta-feira com a família para sua cidade natal, no Mato Grosso do Sul, e deu sequência para suas férias.

Neste sábado, Roger comanda treino no CT Luiz Carvalho pela manhã e, de tarde, a delegação viaja para Recife. O retorno a Porto Alegre está previsto apenas na terça-feira, um dia após a partida contra o Sport.

Portanto, a reunião entre departamento de futebol e Lucas Leiva deve ficar apenas na próxima semana. Esse encontro é visto como decisivo para que ocorra um acerto. Até lá, a tendência é que as conversas fiquem estagnadas, sem maiores avanços.

O vice de futebol, Dênis Abrahão, admitiu que a negociação é difícil, mas ratificou que é uma vontade do Grêmio poder contar com o volante, assim como a intenção de Lucas Leiva é voltar ao Tricolor. Inclusive, clubes do Brasil e de fora já procuraram o jogador, mas a prioridade é ficar na capital gaúcha.

Para isso, o clube está disposto a ceder e extrapolar o valor considerado limite para jogadores contratados nesta temporada. Segundo o dirigente, tempo de contrato ainda não foi debatido.

O executivo Diego Cerri conduz o assunto diretamente com o empresário de Lucas Leiva, Giuliano Bertolucci, para ajustar os termos do negócio.

A chegada de Lucas Leiva tem aval do treinador Roger Machado. O treinador não só aprovou, como compartilhou do desejo de contar com o volante na campanha do acesso de volta a Série A. Após a última vitória contra o Novorizontino, Edilson admitiu que o grupo torce pela chegada do jogador.

Em entrevista coletiva na terça-feira, Dênis Abrahão admitiu que estava em tratativas com Lucas e chegou a falar que clube e jogador estavam “namorando”, mas ainda na fase de “pegar nas mãos”.

Desde então, as conversas avançaram e deixaram as partes mais próximas de um acerto, apesar de ainda não ter ocorrido uma definição. O cenário aponta para um acordo e há otimismo do Grêmio nos bastidores.

Lucas Leiva está livre no mercado após decidir que renovaria com a Lazio e se despediu do clube italiano no fim de maio. Revelado no Grêmio, o volante surgiu em 2005, quando disputou a Série B e ajudou na volta à primeira divisão. Em 2007 se transferiu para o Liverpool, clube que defendeu durante dez anos.



Veja também