Foto: Renan Jardim / Grêmio FBPA

Matematicamente classificado às semifinais do Gauchão, o Grêmio projeta contar com reforços caseiros nas próximas etapas da competição. O clube programa os retornos de Ferreira e Diego Souza para as fases decisivas do estadual. Por outro lado, o zagueiro Walter Kannemann deverá ter condições de entrar em campo somente em maio.

O primeiro a retornar deverá ser Ferreira. O camisa 10, que não joga desde 13 de fevereiro, por lesão muscular e um quadro de pubalgia, avançou na recuperação. A etapa final antes de ficar à disposição de Roger Machado será ter ganhar ritmo em atividades com bola. Para o Gre-Nal, ele chegou a ser cotado, mas ficou de fora para correr menos risco de ter uma nova lesão.

— Ele está trabalhando. Já está em trabalhos finais com a preparação física. Não teve trabalho com bola, só fez movimentações. Estamos fazendo um trabalho sério e honesto, pensando no jogador no futuro. Temos uma longa caminhada em 2022 — comentou Sérgio Vazques, diretor de futebol gremista, em entrevista à Rádio Gaúcha.

A expectativa é de que o extrema atue nos próximos confrontos. A ideia da comissão técnica é utilizá-lo na ponta esquerda, com Rildo migrando para o lado direito e Janderson indo para o banco de suplentes.

Diego Souza, que teve diagnosticada uma lesão de grau 1 no músculo posterior da coxa direita, será desfalque por 15 dias. O centroavante realiza tratamento diário no CT Luiz Carvalho. Aos 36 anos, o atleta de retornar ao time da partida de volta da semifinal do Estadual, em 23 de março.

Kannemann em dois meses
De acordo com o departamento médico gremista, o camisa 4 retornará aos trabalhos físicos somente em meados de abril. No final do ano passado, Kannemann foi submetido a um cirurgia no quadril.

Quando o argentino tiver condições de iniciar os trabalhos físicos, ele passará por uma espécie de pré-temporada. A previsão é de retorno do defensor é para maio.



Veja também