Grêmio priorizará Gauchão e jogará Primeira Liga com reservas

Estadual não é conquistado pelo clube desde 2010. Libertadores inicia em março

13 de janeiro de 2017 - Às 12:13
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Há uma prioridade para o Grêmio no início de 2017: o Campeonato Gaúcho. Claro que a competição mais importante do ano é a Libertadores. Mas com a mudança de calendário, há um respiro para o Tricolor tentar recuperar o título estadual, nas mãos do rival desde 2011. Com isso, a Primeira Liga será jogada com reservas ou com o time de transição.

No discurso de abertura da temporada, o mandatário citou que o Grêmio precisava voltar a ganhar o Gauchão, algo que não ocorre desde 2010. Por isso, todo o foco será nesta disputa durante o mês de fevereiro. A ideia é classificar-se bem, com folga, para depois poder também dividir-se com a Libertadores, que inicia na primeira semana de março.

Já a Primeira Liga será a oportunidade para Renato Portaluppi testar alguns jovens do time de transição e a equipe reserva. Os titulares não disputarão a competição organizada pelos clubes.

– Vamos por etapas. Primeira Liga, jogamos em fevereiro, possivelmente com o transição. Gauchão tem fase classificatória, assim como a Libertadores. A prioridade é ir bem no Gauchão e classificar bem na Libertadores, são os pontos fundamentais. Primeira Liga é experiência – ressalta.

Em 2016, a diretoria do Grêmio também adotou o discurso de valorizar a competição estadual. No entanto, após realizar a melhor campanha na fase de grupos, o time acabou eliminado na semifinal diante do Juventude.

O último título do Gauchão do Grêmio foi conquistado em 2 de maio de 2010, diante do rival Inter,  mesmo com derrota por 1 a 0 no Olímpico, já que havia vencido o duelo de ida por 2 a 0. Daquele time, estão no elenco atual Douglas e Edílson.



Veja também