Grêmio pressiona, perde muitas chances e é eliminado da Copa do Brasil

7 de novembro de 2013 - Às 01:42
(Foto: Wesley Santos / Agência PressDigital )

O Grêmio recebeu o Atlético-PR no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil e acabou empatando por 0 a 0, sendo assim eliminado da competição, já que havia perdido a partida de ida pelo placar mínimo. A partida foi dominada totalmente pelo Grêmio, porém o goleiro do Atlético, a trave e a arbitragem evitaram um resultado melhor ao Tricolor.

Renato Gaúcho surpreendeu na escalação, colocando Zé Roberto e tirando um atacante (Vargas) jogando assim no esquema 4-4-2.
O primeiro tempo foi de escassas chances de gol. O jogo era nervoso e as duas equipes tocavam a bola. 
As duas únicas oportunidades de toda a primeira etapa foram em sequência, aos 40 e aos 41 minutos em chutes de fora da área de Barcos e Alex Telles, que Weverton fez grandes defesas. Nos demais períodos do primeiro tempo, o Grêmio não consegua chegar com perigo e arriscava cruzamentos na área sem sucesso.
Para a etapa final, a pressão Gremista aumentou ainda mais. O time paranaense não passava do meio de campo e o Tricolor buscava o ataque. Logo a um minuto, Zé Roberto bateu com perigo ao gol de Weverton.
Aos 10, Kléber chegou na área e bateu cruzado para a pequena área, porém ninguém completou. Aos 12 minutos, Kléber aproveitou sobra na entrada da área e bateu com perigo. No lance seguinte, Kléber recebeu livre na área, porém não chutou. Tentou drbilar e quando resolveu chutar, foi travado.
Aos 17, Ramiro chutou da entrada da área e marcou o gol, porém o árbitro assinalou falta inexistente de Barcos na jogada anterior. Na metade do segundo tempo, Renato colocou em campo Vargas e Elano, nos lugares de Zé Roberto e Riveros.
Aos 27, Ramiro recebeu perto da meia lua e arriscou chute, que acertou o travessão do Atlético.
Renato deixou o time ainda mais ofensivo aos 35 minutos colocando Yuri Mamute no lugar de Ramiro.
No final da partida, o Grêmio partiu para a pressão total. Kléber teve ótima chance aos 42 minutos, porém falhou na finalização.
O jogo se encaminhou para o final. Aos 46, Barcos recebeu livre na área e bateu por cima do goleiro. O zagueiro Luiz Alberto tirou a bola em cima da linha. Não houve tempo para mais nada e a partida se encerrou. Foram 23 finalizações Gremistas. A sorte não estava com o Tricolor.



Veja também