Grêmio pressiona, mas acaba derrotado pelo Corinthians: 3 a 2

1 de setembro de 2011 - Às 01:39

Pela 20ª rodada do Brasileirão, a primeira do returno, o Grêmio encarou o Corinthians em São Paulo, e acabou derrotado por 3 a 2. O Tricolor reclamou da arbitragem, com razão, mas como não é time paulista, tem que se conformar.

O Corinthians começou melhor a partida e partiu para cima. Aos 9 minutos, Alessandro recebeu dentro da área e bateu forte, a bola desviou na zaga e quase enganou Victor. Mais presente no ataque, o time da casa chegou ao gol aos 18, com Chicão cobrando pênalti (mal marcado). Os anfitriões ainda tiveram uma boa chance com Liedson, aos 24, e balançaram as redes duas vezes, ambas com Emerson. Mas a arbitragem marcou o impedimento nas duas ocasiões .Entretanto, com o passar do tempo, o Tricolor equilibrou a partida e passou a levar mais perigo. Julio Cesar conseguiu evitar os gols de seu xará e Escudero, aos 32 e aos 36, respectivamente. Porém, aos 40, o goleiro nada pôde fazer. Douglas cobrou falta com categoria na gaveta para deixar tudo igual.

Imortal voltou melhor para o segundo tempo e, quando pressionava, sofreu o gol de Paulinho, aos 19, com o volante aproveitando falha de Fernando. Três minutos depois, Ramon ampliou e parecia que o final ia ser tranquilo. No entanto, Liedson foi expulso no lance seguinte e o Grêmio empatou aos 28. O que já estava complicado para o Timão, ficou dramático aos 33, quando Edenilson também foi expulso. Com dois jogadores a mais, o Tricolor pressionou, mas insistiu muito nas jogadas aéreas, o que facilitou o trabalho da defesa alvinegra. Com o resultado, o time de Celso Roth segue ameaçado pelo rebaixamento, na 15ª colocação, com 21 pontos.

O JOGO EM LINHAS:

O jogo foi bastante movimentado, as duas equipes tiveram boas chances, inclusive o Grêmio, que foi melhor no segundo tempo, principalmente quando ficou com dois jogadores a mais em campo. Ai nem quando a arbitragem não ajuda, fica difícil. O Grêmio mereceu melhor resultado.



Veja também